20050619

Racismo e violência. Desemprego e défice. De quem é a culpa?

A culpa é do PSD e PS. Ponto final.
Nos últimos 30 anos foram estes dois partidos que dividiram entre si o poder, pelo que são ambos responsáveis pelo défice de 6,8 por cento.
É óbvio.
Uns mentiram e ocultaram, outros mentiram e depois divulgaram.
Há apenas um ano, Durão Barroso ainda era primeiro-ministro e José Sócrates um mero deputado socialista - lembram-se?! Pois é, foi há apenas um ano e, no entanto, parece que foi há décadas...
Há um ano, os portugueses, anestesiados com os jogos da bola de um qualquer campeonato europeu da modalidade que por cá houve, andavam a abanar a bandeira com os pagodes na vez dos castelos enquanto os políticos, às escondidas, vendiam o país pelo preço mais baixo...
Ontem, apenas 365 dias volvidos, no Martim Moniz, outros cidadãos portugueses, por terem exibido essa mesma bandeira (sem os pagodes), foram apelidados de "racistas" e "xenófobos".
Não defendo as verdadeiras bestas racistas e xenófobas, mas entendo que muitos portugueses, que não se identificam com os valores dos partidos de esquerda como PCP e BE, estejam desiludidos com a qualidade dos políticos que nos últimos 30 anos de suposta democracia germinaram dentro do PS e PSD.
E até no PP.
Há muita gente que se sente desamparada por parte dos partidos políticos tradicionais e sabe que é desinformada por uma Comunicação Social que, hipocritamente, ostenta a designação de "independente" (por isso é que os jornais vendem pouco em Portugal, uma vez que as pessoas sabem bem que não vale a pena comprá-los).
Essas pessoas não apareceram ontem em público, pois não gostam do espectáculo, mas são cada vez mais uma "maioria silenciosa" que começa a pensar votar nos partidos mais à extrema da direita, como o PNR.
O fenómeno não é novo da Europa e, Le Pen, em França, é o mais visível exemplo de uma vaga que está a chegar a Portugal.
A culpa da situação - que vai agravar-se cada vez mais - será sempre e unicamente atribuída à má qualidade dos políticos do PSD e PS. E ponto final.
E eu, em quem voto?
É simples: voto PPM.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial