20120322

França, 2012

Perguntaram-me a opinião sobre o que se passou hoje em França. O jovem argelino era mesmo um terrorista? Foi realmente morto depois de ter disparado contra a polícia, que agiu em legítima defesa? Foram realizados todos os esforços para o apanharem vivo e ir a julgamento? Afinal, confessou ou não os crimes? A quem? Que credibilidade tem essa confissão? Que provas havia contra ele? Podemos acreditar que foi mesmo ele quem matou as crianças na escola judaica ou seria um "bode expiatório"? Até que ponto tudo isto não foi preparado por uma facção dos serviços secretos franceses para promover a reeleição do Presidente Sarkozy? Podemos comparar estes acontecimentos àqueles que, a 11 de Março de 2004, levaram à vitória do PSOE em Espanha e que, ainda hoje, oito anos volvidos, suscitam dúvidas?
Sou jornalista em Portugal e pouco ou nada sei, mas uma coisa vos garanto: se fosse em Portugal não deixaria de investigar estas questões. É isso que tenho vindo a fazer com outros casos. E conto, como sempre, com a ajuda de quem quer saber respostas, que são os meus leitores.

P.S. Sim, no meu perfil acrescentei alguns dados novos: está ali o meu NIB e IBAN. Agradeço donativos de qualquer valor. O trabalho passado é a única garantia que posso dar de que o donativo será merecido. O trabalho futuro dependerá da generosidade dos donativos. Obrigado.

Etiquetas: , , , , ,

11 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Sou o anónimo que fez o comment do dia 20 e 21.
Já vi que perceberam a peça de teatro que começou no dia 20. Agora só falta uma bomba suja que por coincidência o material será identificado como proveniente do pais que todos sabem. Esperemos pelos próximos capítulos.
Desculpem ter colocado 2 posts. É que me enganei no local a escrever.

22 março, 2012  
Blogger Fada do bosque disse...

Grande Frederico! Haja muitos assim!!!
Um abraço.

22 março, 2012  
Blogger Octopus disse...

Frederico,

Não nos conhecemos, mas partilhamos as mesmas ideias, foi a Fada do Bosque que me deu o teu blogue.

Em relação a este assunto fiz um artigo que poderás encontrar aqui:
http://octopedia.blogspot.pt/2012/03/quando-as-vitimas-nao-sao-todas-iguais.html

Posteriormente escrevi à Fado do Bosque o seguinte:

Além de muitas coisas estranhas, existe uma que não consigo deixar de pensar, e faz toda a diferença, se o queria vivo e sabiam que estava só, tinham inclusivo um detector de infravermelhos que detecta o calor e permite seguir todos os movimentos na dita casa, porque é que não dispararam gás anestesiante através das janelas que tinham sido removidas?

Penso que o "suspeito" já tinha sido morto pelo RAID muito antes de este ter sido "abatido quando saltava pela janela", o objectivo era fazer durar o suspense.

As testemunhas que o conheciam dizem ser um muçulmano de segunda geração perfeitamente integrado na sociedade francesa. Frequentava bares e discotecas, bebia álcool, o que diga-se de passagem para um muçulmano não é permitido, muito menos para um "radical".

Se a intenção era matar judeus na escola ele não teria feito "apenas" quatro vítimas, sendo possuidor de várias aramas, como diz a polícia, teria levado uma das suas metralhadoras e morto muito mais pessoas.

Este terrorista é muito ingénuo, actua sempre a cara descoberta, sempre com a mesma mota, sempre no mesmo local (mesmo sabendo que a polícia está preste a apanhá-lo), tem um caro cheio de explosivos e armas que não utilizou (a polícia diz ter feito explodir o seu caro à porta de casa e que este estava cheio de explosivos), vai para casa (um local que "ninguém desconfia") diz que se vai render (o que faz todo sentido dado que a sua missão estava cumprida) e salta pela janela com um tiro na cabeça.

Mas não vale a pena cansar-nos a tentar demonstrar esta realidade, porque ainda hoje, amigos meus, que até não são estúpidos, me diziam que era bem feito, que deveria morrer, etc, não vale a pena, não adianta, o espectáculo funcionou.

Isto tudo entristece-me um pouco, só não desisto porque felizmente conheço um cardume que nada contra a maré.

Um grande abraço

22 março, 2012  
Anonymous bate-na-avó disse...

Será que estes estão certos?:
http://aangirfan.blogspot.pt/2008/07/cia-control-of-france-operation-sarkozy.html

http://axisoflogic.com/artman/publish/Article_27642.shtml

23 março, 2012  
Anonymous AnonNº1 disse...

Em relação ao meu ultimo comentário devo dizer que afinal não sonhei:

De acordo com outra testemunha, o homem terá uma tatuagem na face TVI (20- 3- 2012 9: 27)
One witness, who described the killer as "of average height and quite fat", told French broadcaster RTL his helmet visor had been raised and she had seen his eyes and a tattoo or scar on his face BBC News (22 March 2012 Last updated at 14:49 GMT)
One described the killer as "of average height and quite fat" and also spotted what she said appeared to be a tattoo or a scar on his face. Sky News (Wednesday March 21, 2012)
man dressed in black and muscular, with tattoos Delta World (March 19, 2012 6:20 pm)

23 março, 2012  
Anonymous AnonNº1 disse...

Onde está ela?
aqui?

Faz me lembrar o Breivik que a cor dos olhos muda conforme as fotos.

23 março, 2012  
Anonymous AnonNº1 disse...

Em relação à gordura

23 março, 2012  
Anonymous AnonNº1 disse...

Gladio strikes again...

23 março, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

Está desvendado:
http://www.sott.net/articles/show/243352-Toulouse-Attacks-The-Official-Story-of-the-Death-of-Mohamed-Merah-is-a-Lie

25 março, 2012  
Anonymous AnonNº1 disse...

para bom entendedor, meia palavra basta...
On Christmas Day 2008 he tried to commit suicide, and was held in a psychiatric unit for 10 days. Alain Penin, a psychiatrist who analysed him in mid January 2009, said he had "normal" intellect but "a disposition towards antisocial behaviour".

"I just cannot believe he did all that," said 22-year-old Nico – a gangly, tracksuited youth with the hood of his sweatshirt pulled tightly around his pale face. "He was one of us; he wasn't some religious fanatic. He never even went to the mosque.".

26 março, 2012  
Anonymous AnonNº1 disse...

Curioso...
Reports indicate Toulouse gunman was French intelligence asset
Toulouse gunman was informant of French intelligence?

28 março, 2012  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial