20081011

A resposta ao processo disciplinar do Lar do Comércio

Esta foi a resposta que o Lar do Comércio recebeu da parte da pessoa que levou com um processo disciplinar depois de ter comentado neste blogue sobre o que fizeram à minha avó Alda:

"Exmo Senhor Presidente de
O Lar do Comércio

Acabei de receber uma carta registada c/ aviso de recepção da s/ advogada (...).
Conforme Lhe disse no último mail, não preciso de advogado já que e como sempre, assumo as minhas responsabilidades tanto pelo que digo como pelo que faço.
Face à nota de culpa que está a instaurar-me tenho a dizer-lhe que me estou a borrifar para a pena que me queira aplicar. Ok?
Mas, uma coisa é certa o que jamais conseguirá é fazer-me calar.
Dizer as verdades é comigo e o Senhor sabe, trabalhamos +/- 4 anos juntos e debaixo da s/ orientação ao tempo positiva, agora convinhamos e o Sr. sabe, tem vindo a descer as escadinhas todas por onde subiu, mete dó.
De quem é a culpa? Minha não é com certeza.
O Sr. julga-se Dono de O L.C., não é, nem nunca será, nem o Senhor nem ninguém, poderemos sim ser todos.
O s/ medo, a s/ prepotência, a s/ falta de lisura para com todos que não Lhe digam AMEN, está mais que patente.
Está incomodado não sei que Lhe faça, eu estou tranquilo para o que der e vier, depois tratarei como muito bem entender.
Aproveito para Lhe dizer que pode considerar ultrapassados os Dez dias para consulta do processo, assim ganhamos tempo e o meu, é muito precioso.
Aceite os m/ cumprimentos"

Etiquetas: , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial