20070520

Algumas luzes

Ainda não escrevi nada sobre a Casa Niobe porque a polícia não a considerou suspeita. O facto de se chamar Niobe, o nome da deusa grega do luto, não pode (nem deve) tornar automaticamente suspeitos os donos da casa, o casal Kunz. Também não pretendo fazer insinuações, mas apresento factos públicos que qualquer pessoa minimamente atenta pode observar no local e em relação aos quais considero ainda não haver matéria jornalística que justifique uma divulgação noticiosa. Apenas são detalhes que vi e partilho neste blog. Por isso, não tirem já este blog da lista dos vossos favoritos...
Aliás, há outras casas na Praia da Luz, à volta do aldeamente da Mark Warner de onde desapareceu Madeleine McCann, que também têm nomes com o condão de nos despertar a imaginação. É caso de, por exemplo, a Casa da Aventura...



Acescento ainda que na via pública, em frente à Casa Niobe, há uma estátua de Jesus Cristo e que foi uma oferta do casal Kunz à comunidade.



Pode-se agora juntar a essa estátua a da Nossa Senhora de Fátima, devidamente benzida a 13 de Maio, e que foi colocada junto à janela do apartamento de onde desapareceu a menina inglesa.



Depois, o padre José Pacheco, a primeira pessoa que Gerry e Kate McCann pediram quando deram pelo desaparecimento da pequena, está atento...



Tal como os jornalistas ingleses, sobretudo a equipa de televisão vinda do céu inglês, a Sky News.

Etiquetas: , , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial