20050201

Diogo Infante supera boatos

Desculpem voltar à carga com o assunto do Diogo Infante, mas é perfeitamente justificada esta nova menção. Vejam a capa da "TV Guia" desta semana e perceberão.
O título deste "post" é tirado da capa da mesma. Finalmente, após aquela ambígua peça da "Visão" sobre os boatos, houve alguém que foi fazer as perguntas certas. Tiro o chapéu à "TV Guia" e, em particular, à jornalista que assina a peça, Kátia Soveral (não a conheço pessoalmente e não estou aqui a fazer qualquer frete à pessoa...).
Assinalo,isso sim, estas perguntas e respostas na entrevista ao actor:

"- Corre o boato de que está muito doente.
- [admirado]Eu? Que saiba não! Nós não devemos acreditar em tudo o que ouvimos. Tanto quanto sei, tirando este vício do tabaco, estou muito saudável. Deixa-me bater aqui na medeira [bate três vezes na mesa]. Tudo o que se diz, por um lado, tem que ver com a ignorância e, por outro lado, com o desconhecimento. Como me exponho pouco, as pessoas prestam-se a este tipo de situações, a todo o género de especulações.
- Vamos entrar no mundo da suposição. Se estivesse realmeente doente, era capaz de o assumir numa entrevista?
- É um mundo perigoso, esse, o da suposição, percebem? Porque este é o tipo de jogos que leva a tudo. Se estivesse doente e achasse que o facto de assumir podia ter consequências benéficas, porque não? Mas não sei... Felizmente, nunca me deparei com esse problema.
- Mas há outro boato sobre si...
- [Diogo interrompe] Eu sei. E não quero falar dele [boato da relação com José Sócrates]. Mas a razão desta entrevista não era para falar do teatro?"

A entrevista segue depois para a peça de teatro na qual Diogo Infante trabalha actualmente, "EndGame".
Quero aqui saudar a "coragem" jornalística que a "TV Guia" teve em assumir a existência do boato e de ter atacado o mal pela raíz, apesar da evidente incómodo do visado. Contudo, considero esta entrevista muito mais honesta do que aquela capa da "Visão" que não dizia nada, assim como todos aqueles que falam e falam dos boatos, mas não concretizam a sua acusação de uma forma evidente para que eles possam desaparecer de vez.

P.S. Cumprem-se hoje dois anos desde que foi determinada a prisão preventiva de Carlos Cruz no âmbito do processo da Casa Pia.

1 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Eu acho que o Diogo Infante não é homosexual, ele já andou com a Catarina Furtado. Sei que às vezes não é justificação, mas neste caso coloco de prte esse boato. É pena ele não desmentir o sucedido..:S

02 julho, 2008  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial