20110726

Um pequeno, mas necessário, esclarecimento público

É público que fui o cabeça-de-lista ao Parlamento Europeu pelo Partido Popular Monárquico (PPM) nas eleições de 2009. Declaro que não defendo, não justifico, nem sequer, por sombras, tenho qualquer simpatia com a ideologia xenófoba do confesso autor do duplo atentado na Noruega, apesar do nome do PPM constar numa lista de partidos ditos "amigos" do assassino de 76 pessoas. Mais declaro, a inclusão do PPM nessa lista só pode resultar do total desconhecimento e profunda confusão do alegado autor do manifesto. O PPM não é contra a mistura de culturas nem contra a imigração. O que certamente terá provocado a confusão na mente do assassino de Oslo é o facto do PPM apresentar-se como "o único partido inteiramente português", pois não pertence a qualquer organização internacional. O PPM não pertence, porque não precisa. O partido acredita que basta ser-se português para se ser... internacional e cidadão do mundo. Aliás, o Projecto Histórico de Portugal ainda não terminou - apesar desta República dar todos os dias aos bravos cidadãos deste belo e rico País a ideia de que é uma Nação falida. Em Portugal ainda há quem tenha o propósito de criar uma sociedade global, onde todas as religiões e todas as raças podem conviver em Paz e Harmonia. Não é uma utopia. Um dos nomes que, para mim, mais se associa a esta ideia é o do poeta/escritor Fernando Pessoa. E, no primeiro dia da campanha eleitoral ao Parlamento Europeu, fui almoçar ao Martinho da Arcada, junto à mesa de Pessoa...



... onde dei uma conferência de Imprensa a explicar os principais objectivos da candidatura: "A campanha eleitoral do PPM, de 'cariz didáctico', começou hoje 'simbolicamente' no Martinho da Arcada, no Terreiro do Paço, Lisboa, junto à mesa de Fernando Pessoa, o primeiro 'europeu português e mundial', uma referência a um poema de 'Mensagem', obra de Pessoa. No encontro com os jornalistas, Frederico Carvalho referiu a pesca, a agricultura e questões referentes a minorias étnicas como temas a abordar durante a campanha do PPM. Mais importante do que a entrada da Turquia na União Europeia, o cabeça-de-lista do PPM às eleições europeias sublinha a necessidade de se pensar o 'alargamento atlântico'. '[A entrada na UE de] Cabo Verde, por exemplo, pode parecer uma ideia estranha, mas Cabo Verde é um país onde há um encontro de culturas europeias, é praticamente uma cultura mestiça, fruto de holandeses, portugueses, italianos', sublinhou".
Ainda durante a campanha eleitoral, fui também visitar a Mesquita de Lisboa onde afirmei: "Ser português é respeitar e integrar as diferentes culturas religiosas", acrescentando que "o desconhecimento é que leva ao medo".
Face a estas evidências, fica suficientemente demonstrado que aquilo que aconteceu na Noruega, para além de ser um abjecto acto de enorme violência, é também um acto cujo propósito se figura totalmente contrário ao projecto político do PPM.

Etiquetas: , , , ,

11 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

É isto que eles pretendem de pessoas como tu, que tenham medo de defender as convicções.

Não tenhas medo!

Quem defende os valores de Deus, da Família e da Pátria não devia ter medo de os defender, porque tem razão!

Este massacre foi planeado e executado exactamente para pessoas que defendem esses valores serem vistas como terroristas!

O assassino NÃO era cristão, NÃO era de direita, NÃO era patriota.
Investiga e chegarás a essa conclusão, não acredites nos média. Investiga por ti próprio.

26 julho, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Bravo e obrigado !

27 julho, 2011  
Anonymous Ernesto Importa disse...

Ao anónimo 1, que diz "Quem defende os valores de Deus, da Família e da Pátria não devia ter medo de os defender, porque tem razão!" É um bocado redutor, não?

Essas três palavras fazem-me lembrar algo que não é muito saudável, mas enfim...
Quando se diz com toda a convicção que quem defende determinados valores é que tem razão estamos no limiar da tolerância, não lhe parece?
Tal como o norueguês, aliás...

27 julho, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Isto retirei de um blog "para um mundo livre"

Segundo Wayne Madsen o suspeito Anders Behring Brevik de ter morto 80 no campo de trabalho de jovens trabalhistas na ilha norueguesa a sul de Oslo e dos bombardeamentos na mesma cidade é chamado de cristão fundamentalista apesar de ser Maçom e apoiante de Sionistas islamófobos como Pam Geller e Richard Pipes que têm conexões com os serviços de inteligência Israelitas: Mossad. Estes estão encarregados de encenar falsos ataques terroristas de modo a obter apio a Israel contra a Palestina. Com efeito a Noruega preparava-se para aprovar o estado Palestino na Assembleia Geral da infame ONU, e as negociações que conduziram a esse acordo eram chamadas de "Acordos de Oslo".
Mais AQUI

Um segundo homem entretanto foi capturado como suspeito seundo a RT AQUI. Helge Luras do Instituto de Assuntos Internacionais afirma que o multiculturalismo na Noruega pode não estar a agradar a diversos cidadãos do país que pertencem a classes mais baixas que se ressentem da emigração que faz baixar o preço dos salários.

Neste decurso a Noruega impôs medidas de restrição nas suas fronteiras o que a Dinamarca já tinha feirto 2 semanas antes. O perito russo entrevistado afirma que tal reflecte a lenta forma como a União Europeira vai morrendo.



O Frederico faz um trabalho notável . Eu ainda tenho que comprar o seu livro.

As conspirações na sociedade blobalizante existem por todo o lado porque é o fruto de muitos anos de trabalho feito por imensa gente, gerações atrás de gerações !!

Para não me alongar muito quero referir que a mistissagem de raças e o ecunemismo religioso é uma das prioridades top da ofensiva agenda mundial.
Não é por acaso que o Inglês é lingua obrigatória em todo o mundo em qualquer escola, até no Bangladesh!!!

Tornar o mundo num todo, com uma religião unica e um governo unico com uma moeda unica é o objectivo final desta gente que governa o mundo !!!

O Frederico não precisa de se justificar de nada porque estas correntes de opinião são engendradas de forma a captar os corações de ingénuos e puras pessoas cheias de boas intenções mas que infelizmente não sabem para o que vão !!!

Falou do Fernando Pessoa não sei com que proposito, mas o FP era um discipulo de aliester Crowley, um mestre de magia negra , formado por Jesuitas e criador das lojas masónicas OTO ( Ordo Templi Orientis (ou O.T.O.) é uma organização ocultista , que remonta a ... Em 1925 , Aleister Crowley , tempos depois de ser expulso da Golden Dawn ...) da qual o FErnando Pessoa era membro !!!
Existe até documentação do encontro que ambos tiveram em Lisboa.
Portanto evocar Fernando Pessoa é evocar uma alma sinistra que comia meninos ao pequeno almoço !!!

A imagem de Fernando Pessoa serviu o sistema e continua a servir mas como já existe muita informação, pequisem e vejam quem foi Fernando Pessoa na sua essência e não atravês de mitos que se criaram !

Resumindo O Ecumenismo serve para subordinar todos os credos religiosos a Roma. E a mistissagem serve para romper culturas e retirar as familias de suas terras originais e assim poder suborniná-las mais fácilmente ao poder.

Isto é tudo engenhosamente engendrado através de multiplas instituições que operam a nivel global e que trabalham na sombra!!!!

27 julho, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

"Tal como o norueguês, aliás..."
Eu bem avisei...
Ass:
Anonimo Nº1

27 julho, 2011  
Anonymous ana borges disse...

Pois é ó anónimo nº.1.
Tu bem avisas, mas ninguém te liga nenhuma!
Até porque ninguém sabe quem tu és.

27 julho, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Resumindo, FALSE FLAG!

27 julho, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Sou um cidadão comum sem poder e sem voz, farto dos engodos, enganos e mentiras.

Mas quem sou eu não interessa, o que interessa é quem são eles.
S.H.A.P.E. + Seita Gnóstica (nos seus mais diversos ramos)

False Flag, diz o outro anonimo, tenho 2 palavras
Operação Gladio

Ass:
Anonimo Nº1

28 julho, 2011  
Anonymous ana borges disse...

operação gladio...
Sei o que é, sim.
Assustador, de facto.

28 julho, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

A Mossad e os seus kidons andam maid preocupados com o Irao. So acho engracado q todas as False Flags operations sejam atribuidas a else. Wrong!!!!

28 julho, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

O massacre na Noruega deve ter sido muito bem engendrado para dar ao mundo a idéia de que há terrorismo em toda parte. Nisto, há muitos interessados poderosos.

18 abril, 2012  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial