20110615

Próximo desporto nacional: Tiro ao Portas

Depois do "tiro de partida" dado por Ana Gomes, eis que chega um segundo "tiro" no "submarino" desta já previsível "batalha naval" que vai ser o governo de coligação PSD/CDS. O alvo principal, já se percebeu, voltará a ser o líder do CDS, Paulo Portas. Ainda nem sequer tomou posse como ministro e já há críticas. A mais recente é a crónica de Pezarat Correia que, dizia-se, até teria sido "censurada". Foi hoje publicada no DN...

Etiquetas: , , ,

3 Comentários:

Anonymous Patriota disse...

É claro que Pezarat Correia sofre de Alzheimer e esqueceu toda a subserviência dos governos de Sócrates, que apoiaram muito mais os americanos.

Uma coisa que contribui para o Alzheimer de Pezarat Correia e para a esquizofrenia de Ana Gomes é que Portas estragou a negociata dos submarinos feita pelo PS. Guterres tinha pedido 8 submarinos caríssimos num contrato em que muitos 'notáveis' iriam receber comissões de muitos milhares de euros. Portas rasgou esse contrato, comprando apenas 2 submarinos mais baratos e sem comissões milionárias pelo meio, e isso continua a incomodar muita gente.

15 junho, 2011  
Anonymous Anónimo disse...

Um passarinho disse-me,hoje, que todos partidos políticos( BE, PCP-PEV,CDS,PS e PSD ) sabem onde para o dinheiro das "contrapartidas" da FERROSTAL, no negócio dos submarinos:

AUTOEUROPA!

Terá servido como contrapartida no sentido da fábrica de automóveis continuar a produzir em Portugal.

15 junho, 2011  
Blogger Motim disse...

Este Pezarat Correia não estará a fazer confusão com um outro episódio, ocorrido em 2001 com o mesmo governo, em que o Durão Barroso foi aos EUA e disse que os americanos lhe mostraram em privado provas da responsabilidade de Bin Laden nos atentados do 11 de Setembro?
Abraço

18 junho, 2011  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial