20110623

O comediante e o jornalista

Esta excelente entrevista do jornalista Chris Wallace ao comediante Jon Stewart, na Fox News, deveria fazer parte das aulas de jornalismo... Ouçam-na com atenção...

Primeira parte:


Segunda parte:

Etiquetas: , , ,

7 Comentários:

Blogger Helder MC disse...

Grande Jon Stewart. O Wallace queria reduzi-lo a um mero cavalo de batalha liberal mas ele mostrou bem que a luta dele é contra o sensacionalismo e preguicite dos media.

24 junho, 2011  
Blogger Fernando Negro disse...

O programa do Jon Stewart não tem piada nenhuma... E - já o disse aqui - é, na minha opinião, mais uma tentativa, por parte do sistema, de destituir a seriedade onde esta é devida. (Se o Jon Stewart sabe disto ou não, isso já é outra história...) E no estado de decadência a que chegou toda a sociedade ocidental, aposto que é um programa de eleição para todas estas novas gerações de gente parva, que não leva nada a sério, e que irá "surfar" este Apocalipse a rir-se da sua própria desgraça e inactividade, mas que se irá calar quando a realidade lhes bater à porta e se der conta de que, nessa altura, é já tarde demais para fazer alguma coisa...
No entanto, a Fox News, com o seu conservadorismo levado aos extremos autoritário e manipulador, com o - possuidor de um muito mau feitio - Bill O'Reilly a mandar calar os seus entrevistados ou com o - imitador, de modo deturpado, do Alex Jones, péssimo actor e mentalmente instável - Glenn Beck a tentar manipular os seus espectadores, essa sim, é que acaba por ser uma autêntica "Central de Comédia"... E tenho até pena que esta não esteja incluída no meu pacote de TV por cabo, para me poder rir com estas personagens...
Mas não se pense que é apenas a Fox News que é tendenciosa, ao tentar manipular a sua audiência, que se identifica mais com a "direita".
Sejam os seus espectadores de "esquerda", "direita" ou conscientemente do "centro", todos os conhecidos canais norte-americanos, que tentam apelar mais a este ou àquele campo político, tentam manipular os seus espectadores e levá-los todos ao mesmo sítio. E estas falsas guerras - vazias de conteúdo significativo - que se vêm entre eles servem apenas o propósito de tentar convencer as pessoas de que estes órgãos de comunicação estão em lados diferentes de supostas barricadas que, na realidade, nunca foram erguidas.

26 junho, 2011  
Blogger Fada do bosque disse...

Fernando Negro, não queria de todo meter-me numa conversa que não é comigo, mas gostaria que me dissesse o que pensa do Alex Jones e também o que pensa de Lindsay Williams... é que não entendo como revelam tantos prodres e não são abatidos. A CIA tem meios muito eficazes para eliminar quem revela segredos ou quem se torna incómodo para o Poder instituído...

26 junho, 2011  
Blogger Fernando Negro disse...

Faça as perguntas que quiser... E se me quiser perguntar mais coisas, já criei entretanto o meu próprio blogue.
O Alex Jones é muito bom no aspecto das entrevistas. Pois ele, melhor que ninguém, consegue entrevistar, no seu programa de rádio, muita gente que tem muita coisa importante a dizer. Agora quanto ao que ele próprio tem a dizer... É preciso ter muito cuidado. Pois desde que tive o meu primeiro contacto com o seu trabalho em 2003 que o tenho repetidamente apanhado a dizer coisas que não são verdade. O que recomendo a toda a gente que o ouve - não só a ele, mas a qualquer pessoa que investiga este tipo de coisas - é que tentem confirmar (até onde vos é possível) tudo o que é importante por vós próprios. Eu faço isto naturalmente, como consequência da minha natureza exigente. Pois recuso-me a acreditar em várias coisas que considero incríveis sem ver as provas por mim próprio. Mas a quem não tenha por hábito fazê-lo, recomendo vivamente que o comece a fazer.
Quanto ao Lindsey Williams, se é quem eu estou a pensar, que já foi também entrevistado repetidamente no programa do Alex Jones, parece-me ser alguém a quem é dada maioritariamente desinformação, misturada com alguma informação real. Sei muito pouco sobre ele. E do muito pouco que me lembro de o ouvir, penso que ele acertava em muito poucas coisas e errava na maior parte das previsões que fazia e nas informações com que avançava.
A razão pela qual Alex Jones, Daniel Estulin, Michael C. Ruppert, e vários outros que andam a expor de modo sério o que realmente se passa neste Mundo, não são mortos é, obviamente, porque se tornaram entretanto demasiado visíveis. E, se alguma coisa acontecesse a estas pessoas, isso iria não só validar ainda mais o que estes tinham dito, como atrair ainda mais pessoas para a informação por estes exposta. A única maneira que resta ao poder estabelecido, nesta altura, de combater estas pessoas é tentar desacreditá-las e ridicularizá-las. Como tem acontecido muito ao Alex Jones ultimamente, ainda mais agora que ele se está a tornar mesmo muito conhecido.

27 junho, 2011  
Blogger Fada do bosque disse...

Obrigada Fernando Negro... pensei exactamente nisso, mas começo a pensar também, se não será o papel de Alex Jones instalar o pânico...ou seja, utilizar verdades aqui e acolá e no fundo estar com essas meias verdades a esconder uma grande mentira...
Enfim, penso que não devemos de forma nenhuma levar tudo à letra. Eu ainda não sei o que pensar, do vídeo do Alex Jones e a III Guerra Mundial.
Deixo aqui Série de vídeos de Lindsay Williams.
Obrigada pela sua opinião. Já sigo o seu blog! Qualquer dúvida vou lá perguntar... se não for inconveniente... :)
Um abraço.

27 junho, 2011  
Blogger Fernando Negro disse...

Não, não é nada inconveniente.
Não ligue a quem diz que o Alex Jones está a trabalhar para o poder estabelecido.
Como disse, conheço-o há já 8 anos e tenho seguido de perto o seu trabalho. Foi até ele que me acordou - e a muita gente que hoje pesquisa de modo mais sério este fenómeno - para a Nova Ordem Mundial. Assim como foi também ele que me introduziu, por exemplo, ao trabalho do Daniel Estulin.
Ele pode ser demasiado energético muitas vezes e exagerar as coisas, mas é bem intencionado. E ainda que falhe várias vezes o alvo, dispara tantos tiros, que acaba por o atingir muito mais vezes que outros investigadores. Deixando as elites em estado de pânico e fazendo dele talvez o pior pesadelo desta gente nos EUA.
Um abraço.

27 junho, 2011  
Blogger Fada do bosque disse...

eheheh qualquer dia ainda lhe fazem como fizeram a este... veja este post, não o consegui separar, mas é o do Nigel Farage.

27 junho, 2011  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial