20100613

Reflexões com 25 anos de atraso

Celebraram-se ontem, sábado, no Mosteiro dos Jerónimos, os 25 anos da assinatura da entrada de Portugal na Comunidade Europeia...




Foi um momento de palavras solenes e de "solidariedade". E recordou-se as primeiras páginas dos jornais da altura, como este exemplo...



Mas, poucos se devem ter lembrado que foi no dia seguinte a esta assinatura que Cavaco Silva acabou com o "Bloco Central". Cavaco Silva, caso não tenham reparado, é o actual Presidente da República e ex-professor de Economia que, um dia, quando era primeiro-ministro, disse que Portugal era "o bom aluno da Europa". E é o mesmo que anda agora a apelar à união nacional para combater a crise europeia...



Entretanto, descobri este livro na minha biblioteca pessoal...



Onde, da conclusão final, destaco: "Era preciso que uma certa Europa se fizesse porque servia os interesses dos grupos multinacionais. Era preciso que as fronteiras se entreabrissem, que as mesmas normas técnicas pudessem ser impostas nos diferentes países. Mas não mais. Teria sido perigoso para os grupos multinacionais que se instalasse em Buxelas um poder político forte, capaz de lhes fazer face, de os impedir de ditar a sua lei"...



E quando é que este livro foi editado em Portugal? Teria sido antes ou depois da assinatura da entrada de Portugal? Foi antes... Nove anos antes...



Depois não digam que não fomos avisados...

Etiquetas: , , , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial