20100331

Algumas perguntas ao "O Diabo"

Na última página do semanário "O Diabo" desta semana foi publicada esta crónica assinado por um tal "Fra Diavolo"...



Sendo este semanário uma publicação dita "independente" e com um historial democrático único na história da Imprensa nacional - que outro jornal agarrou de forma tão séria a questão de "Camarate" e contribuiu decisivamente para que o caso não caísse no esquecimento? - queria, à luz desse passado, deixar aqui algumas questões:

1 - Quando se diz que o Clube Bilderberg "não é secreto" - e, neste caso, tem toda a razão, pois o que é secreto é o que não se sabe que existe. Seria o mesmo que dizer que o SIS são os serviços secretos de Portugal quando toda a gente sabe que o SIS existe, logo, não pode ser um serviço secreto -, acrescenta que "as suas reuniões e a sua agenda são divulgados com abundância na Comunicação Social". A minha pergunta é: qual foi a Comunicação Social que "divulgou" com "abundância" as últimas reuniões? Consegue quantificar quantos órgãos noticiaram a agenda das últimas reuniões? Já agora, algum deles calhou ser, por exemplo, um canal de televisão? Pública ou privada?

2 - "E relatos pormenorizados do que lá se passa são anualmente publicados por jornalistas convidados para assistir"? Ah, sim? Mostre-me um artigo publicado por um jornalista que lá tenha estado a assistir. Basta um.

3 - "O Clube nada decide politicamente". Como sabe? Já esteve em alguma reunião? Então o que vão lá fazer os políticos? Turismo?

4 - "É, isso sim, um poderoso 'lobby' onde banqueiros e financeiros vão comunicar o que lhe convinha para o próximo ano, envolvendo à mistura uma dúzia de políticos e barões da Imprensa, para ouçam o que é preciso ouvirem". Então, acha democrático que políticos eleitos para cargos públicos aceitem convites de grande agentes financeiros para "ouvirem" o que estes têm para dizer em reuniões fechadas e longe de qualquer escrutínio público? Se sim, então libertem já Manuel Godinho, pois esse só ofereceu robalos e canetas de luxo. Não ofereceu empregos a políticos nem garantiu a "Boa Imprensa" necessária para os eleger.

5 - "Quanto a Rangel, já se viu o enorme 'poder oculto' de Bilderberg. Passos, o vencedor, é que nunca lá pôs os pés". Luís Filipe Meneses também já foi líder do PSD sem nunca ter ido a Bilderberg, mas não chegou a primeiro-ministro. Rangel ainda não foi à reunião deste ano. Quando for, logo veremos o que vai acontecer no país. Entretanto, tenho quase a certeza que a próxima reunião e a agenda da mesma vai ser "abundantemente" divulgada no semanário "O Diabo".

Etiquetas: , , , ,

8 Comentários:

Anonymous Andy Mature disse...

Artigo encomendado, como é natural, caro Frederico.
A táctica da contra-informação: neste caso não se nega, antes ataca-se e desvaloriza-se.
Cuidado, muito cuidado mesmo, com estas prendas envenenadas...

31 março, 2010  
Blogger Karocha disse...

Pois Fred!
Pensei o mesmo, mas quem sou eu?
Uma pobre loira Burra!
O único gozo no meio disto tudo é, que, sou loira natural :-)))))

31 março, 2010  
Anonymous ricardo disse...

isto e apenas desinformação!!
ja se sabe onde vai ser a reuniao deste ano?
talvez se fosse em portugal, ao tentarem fazer a cobertura percebessem a natureza deste grupo...

31 março, 2010  
Blogger Karocha disse...

Ricardo
E não foi já em Portugal?

31 março, 2010  
Anonymous Viriato disse...

Um dos jornalistas que anda a mais tempo atrás desta "Corja" é o Jim Tucker. E em Lisboa, há uns anos atrás, numa das muito "publicas" "reuniões" dos Iluminados viu-se em apuros...
Vejam http://www.youtube.com/watch?v=s7g3J3qoPRg

02 abril, 2010  
Blogger Flávio Gonçalves disse...

Eu sugeria que enviasses o texto acima para o e-mail do semanário, ficava muito bem nas Cartas dos Leitores.

Um abraço.

03 abril, 2010  
Blogger Flávio Gonçalves disse...

A reunião em Portugal ocorreu em Sintra. O livro "Diários Bilderberg" do Jim Tucker chega às lojas este ano, o editor português vai atrasar a obra o tempo que for preciso de modo a incluir o relato da reunião deste ano.

03 abril, 2010  
Blogger Magno disse...

Este filhos da p... deviam ser levados par o alentejo, serrem despidos e atados a um árvores e queimados vivos...
Por gente como esta é que este mundo é a trampa que é..
Obrigado Frederico, por nos ajudar a pensar (algo que a pandilha de Bildeberg não quer que a gente faça)
Abraço.

08 abril, 2010  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial