20090311

"Ich bin ein" sportinguista

Sempre que uma equipa portuguesa joga no estrangeiro, independentemente de eu ser ou não simpatizante desse clube, assumo sem problemas o fervor pátrio. Até o faço pelo FC Porto - sou boavisteiro e não há maior adversário do FCP do que o Boavista, pois temos de conviver com os portistas na mesma cidade...
Ontem fui do Sporting que, ainda por cima, não é de Lisboa, mas sim de Portugal.
Hoje sou ainda mais sportinguista, pois não posso deixar de ficar genuinamente preocupado com a imagem deixada por um clube português perante os espectadores alemães: "Foi um passeio até aos quartos-de-final, o Sporting não tem qualidade para estar neste patamar do futebol europeu, limitou-se a fazer figura de corpo presente"...
É preciso reflectir sobre a qualidade de todo o nosso futebol. Um deslize europeu não justifica um resultado total de 12-1. O desnível do futebol nacional é gritante quando comparado com as exigências europeias. Quando o campeonato nacional é campo fértil para suspeitas de corrupção e viciação de resultados, quando para representar Portugal na competições europeias basta ganhar a clubes com salários em atraso ou que jogam com jogadores emprestados, a verdade desportiva fica comprometida. A exigência desportiva é quase nula. Cá dentro, praticamente ninguém acredita no nosso futebol. Lá fora, começam a ser cada vez mais os que também deixam de acreditar.

Etiquetas: , , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial