20090308

Autismo político

Vale a pena ler/ouvir a entrevista a António Costa num trabalho conjunto Correio da Manhã/Rádio Clube´, e conduzida por António Ribeiro Ferreira (ARF) e Luís Claro (LC). Eis um momento em que podemos comprovar o nível de autismo político que se vive no PS:

ARF – Eu não enfio barretes. Mas o que eu sei é que quando se fala no engenheiro Sócrates há uma razão. Ele era o ministro do Ambiente e licenciou o Freeport. Não fui eu.

- Conhece alguma investigação que envolva o engenheiro José Sócrates?

ARF – Conheço a carta rogatória das autoridades inglesas.

- Olhe, eu não conheço.

ARF – E nessa carta fala-se no engenheiro José Sócrates como suspeito.

- O que eu conheço são os comunicados das autoridades judiciárias portuguesas que dizem que o engenheiro José Sócrates não está sob investigação e nem sequer é suspeito.

ARF – A carta rogatória é pública.

- É estranho ser pública.

ARF – Mas foi publicada.

- Acha normal? Eu sei lá se essa carta rogatória é verdadeira e se existe. O que eu tenho de confiar é nas autoridades judiciárias do meu País. E elas dizem que o engenheiro José Sócrates não é suspeito, nem é arguido, nem está sob investigação.

LC – Foi ministro da Justiça e sabe que quando se publicam informações elas vêm das autoridades judiciárias.

- Sim? Não sei. O que as autoridades judiciárias dizem é que o que os senhores dizem não é verdade.

ARF – Mas ninguém desmentiu a carta rogatória.

- Disseram uma coisa fundamental que é a única coisa que interessa nesta conversa. O primeiro-ministro está sob investigação? Não. O primeiro-ministro é arguido? Não. O primeiro-ministro é suspeito? Não. É o que dizem as autoridades judiciárias. Você acha o contrário.

ARF – Eu não acho o contrário.

- Você acha o contrário. Tem dúvidas sobre o primeiro-ministro.

ARF – Não é uma questão de dúvidas. O que eu ouvi é que ouve um tio que telefonou ao primeiro-ministro e mandou alguém falar com o engenheiro Sócrates porque lhe andavam a pedir luvas. Isso ouvi, não inventei.

- E então?

ARF - Ouvi, não sei se é verdade ou não.

- E daí retira o quê?

ARF - Depois tenho o filho do tio a enviar e-mail aos promotores em nome do primo.

- Não sei se recorda qual foi a pergunta com que entrámos neste tema?

ARF – O tema é a campanha negra.

- Porque é que há uma campanha negra.

ARF – Isto é uma campanha negra?

- O que me perguntou é se sempre que há investigação judicial sobre alguém do PS há uma campanha negra. E o que eu estou a dizer é o seguinte. Que eu saiba, a propósito desta caso, não há ninguém do PS a ser investigado. Você sabe que há? Não sabe.

ARF – Há um processo que envolve o Freeport.

- Não sabe. Você acha que sim.

ARF – As decisões foram tomadas pelo Governo do PS.

- Desculpe lá uma coisa. O que nós sabemos é que o engenheiro Sócrates não é arguido, não está sob investigação e não é suspeito.

ARF – Há dois arguidos.

- Mas algum deles é do PS?

ARF - Não faço ideia nenhuma.

- Sabe que é?

ARF – Não faço ideia nenhuma.

- Então se não sabe o que é que o PS tem a ver com a história? Posso saber?

ARF – Foi o PS que tomou a decisão política sobre esta matéria.

- Desculpe lá.

ARF – Não é verdade?

- O que eu quero saber não é a decisão política. É se está sob investigação.

ARF – Todo o processo está sob investigação.

LC – Já é a segunda vez em cinco anos que se fala numa cabala, numa campanha negra para destruir a direcção do PS vindo da parte da Justiça ou de quem for.

- Desculpe lá. Não meta coisas na boca do PS que o PS nunca disse. O PS nunca disse que a Justiça fez cabalas ou que fez campanhas negras. Agora, a Justiça é uma coisa, os senhores são outra coisa. Está a perceber a diferença?

LC – Todas estas campanhas, tanto da Casa Pia como do Freeport, foram obras da Comunicação Social contra as direcções do PS.

- Já disse o que tinha a dizer sobre isso.

ARF – No caso Casa Pia houve um dirigente do PS que foi arguido e depois ilibado.

- Temos uma pessoa. Que não só foi ilibada como obteve uma condenação do Estado por detenção ilegal.

ARF – Ainda não transitou em julgado, o processo ainda está a correr.

- Certo, mas ganhou na primeira instância.

ARF – Exactamente. Está convencido que este assunto do Freeport vai morrer ou vai ser usado na campanha eleitoral?

- Vão ser com certeza usadas, estão a ser usadas.

ARF – Usadas pelo PS, em termos da campanha?

- Não é pelo PS, é pelo PSD. Como sabe o PSD mantém afixado um cartaz da JSD de ataque ao primeiro-ministro. É sabido que certo tipo de pessoas no PSD vivem e convivem nesse ambiente de lamaçal de alimentar campanhas negras. É o historial sempre que certas figuras do PSD reaparecem no activo relativamente ao primeiro-ministro. Desde a sua vida privada a este caso procuram-no sempre envolver.

Etiquetas: , , ,

3 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

A parte do autismo era escusada, os autistas são inteligentes e têm competências, estes tipos não...

Abraço!

Fred Madeira

08 março, 2009  
Blogger para mim disse...

Mas eles são inteligentes... Estão é alheados da realidade...

08 março, 2009  
Blogger Karocha disse...

E como diz o Zé Paulo, Fred.
Esta à Rasquinha !!!!

09 março, 2009  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial