20080523

Os avisos de Hillary

Ela diz que corrida ainda não acabou e justificou: "We all remember Bobby Kennedy was assassinated in June in California"...
Pois foi.

Etiquetas: , , ,

5 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Ela já pediu desculpas por ter falado a verdade...

http://www.msnbc.msn.com/id/24796393/?GT1=43001

24 maio, 2008  
Blogger Bruaca disse...

Mas que coisa!
O homem não vai ser assassinado.
Não estamos nos anos 60!
Hoje em dia há maneiras muito melhores de "assassinar" uma pessoa sem lhe tirar a vida.
E é isso que vai acontecer...

24 maio, 2008  
Blogger Motim disse...

Tenham calma.
Seja com Obama, Clinton, Gore, Edwards, Bush ou McCain, o poder estará sempre nas mesmas mãos.
Nem os Kennedy são flores que se cheirem.

24 maio, 2008  
Anonymous Ricardo Zenner disse...

Pois... os Bilderberguers mexem os cordelinhos deles todos!

25 maio, 2008  
Anonymous Anónimo disse...

Possìvelmente será Obama o próximo presidente dos E.U., mas não porque ele ou os norte-americanos o tenham escolhido - os povos não mandam coisíssima alguma nas eleições dos países, estas são totalmente manipuladas por 'pools' ligadas aos poderes de todos os regimes 'democráticos' por detrás dos quais se posicionam as seitas secretas, como se sabe, é este o principal motivo para o derrube das ditaduras e regimes autoritários e imediata implantação das chamadas democracias - mas porque os Bilderbergers assim o querem e neste momento lhes convém. E Hillary sucerder-lhe-á (ou não), devido a doença súbita, imediata ou daqui a 6 meses ou um ano, desastre ou acidente imprevisto, ou outra coisa qualquer, que esteja, ou não, programada para Obama. Este convém que seja eleito para os mundialistas demonstrarem àquele país e ao mundo, que o povo americano é muito 'livre' e muito 'democrático' ao ponto de eleger para a presidência um não branco e ainda por cima d'origem musulmana (e acalmarem um pouco estes povos, que não andam nada calmos e os mundialistas receiam-lhes a fúria mais do que possamos imaginar). E que eles, mundialistas, que tão difamados têm sido, coitadinhos, afinal não interferem nas escolhas políticas daquele povo ou não teriam posto um tal político na presidência... "Os americanos são muito ingénuos, acreditam em tudo", como disse há algum tempo um renomado intelectual europeu, a residir há muitos anos nos E.U., a propósito do perfíl psicológico daquele povo. Não é só este povo que o é, são todos os povos do mundo. Aliás foi tudo estudado cientìficamente há muito, muito tempo, para que tal se verifique.
Só um outro político, que não Obama ou em último caso Hillary - e esta, só para o marido ser compensado d'algum modo, por interposta pessoa, pelos vexames sofridos, aliás muito bem orquestrados - será eleito para a presidência, por uma decisão de última hora, tomada na próxima reunião de Junho, dos donos do mundo.
Um católico, musulmano ou de outra religião qualquer, excepto a deles - e isto o povo norte-americano não permitirá em tempo algum que se verifique, nem eles de resto o desejam, manobram muito melhor na penumbra como 'conselheiros' do presidente, que é o que sucede há décadas - ou alguém exterior à seita mas por esta convidado e escolhido a dedo em reunião secreta, nunca será eleito no país que consideram totalmente seu e a partir do qual dominam o mundo. Salvo por absoluto acidente (previsto) e por pouco tempo. Como já aconteceu algumas vezes, poucas. E poderá vir a suceder.

Maria

25 maio, 2008  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial