20071210

Uma teoria para a evolução dos Darwin

O Reino Unido encontrou uma nova "novela" para substituir os episódios vazios do caso McCann. A história da família Darwin tem ingredientes fabulosos.



Um homem que fingiu estar morto durante cinco anos após um acidente de canoagem. Uma ida à esquadra da polícia, a fuga para o Panamá e uma fotografia descoberta por acaso no Google que provou a cumplicidade da mulher no encobrimento de um alegado esquema de fraude à companhia de seguros. Os filhos que, provavelmente, nada sabiam. O regresso de avião ao Reino Unido e posterior detenção da mulher. São as novas "delícias" noticiosas enquanto o caso Madeleine McCann vai diminuindo de importância. Até a Sky News retirou o nome da menina da barra lateral na página principal das notícias. Sinais de uma evolução do caso. Agora, na mesma versão, mas ao contrário...

Etiquetas: , ,

4 Comentários:

Anonymous Ana Borges disse...

Repito: Isto é uma grande máfia!
Tal como já era previsto acontecer, os MacCann lá salvarão a pele.
É um mundo injusto este em que vivemos...

11 dezembro, 2007  
Anonymous renegado disse...

Parece q o governo britânico vai tornar obrigatório que os cidadãos deixem uma série d informações detalhadas sobre os seus destinos qd vão de férias ao estrangeiro. Foi para isto q serviu o caso McCann. 1ºinstalar o pânico nos pais, 2ª estes aceitam informar gov.de todos os seus passos. Big Brother/Orwell.

14 dezembro, 2007  
Blogger fotógrafa disse...

Pois é...com papas e bolos, se enganam os tolos!
Assim os dias vão passando e de Maddie...nada! vai tudo ficar assim, como se nada tivesse acontecido.
Mas que raio de familia esta...mas que raio de país este, a Grã Bretalha...e lá é que são civilizados??!!??

17 dezembro, 2007  
Anonymous Flávio Gonçalves disse...

Eu estava convencido que iam propagandear o caso até convencerem a esmagadora maioria dos britânicos a meterem verichips nas crianças... é esperar para ver.

27 dezembro, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial