20070910

Igreja da Luz



Etiquetas: ,

17 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

I think that this case is a just a good theatre.
Gordon Brown is a friend of the McCann. These were swingers. Probably Gordon Brown was involved in this couple exchange with the McCann. The parents killed Maddie (probably not on purpose) and Gerry blackmailed G.Brown saying that if he didn't help him to get out of this he would denounce the couples exchanges and Gordon Brown would be out of the government in a minute!.
So, Brown arranged a deal with the Portuguese government, which gave an order to the Portuguese police to stop the investigations. I am sure that, in a few days, they will say that the DNA samples are not conclusive and, in a few weeks, the McCann will have their image cleaned and Gordon Brown too!
Too bad Portuguese police can sell themselves for political favours and too bad that the British prime minister did some thing like this just because of his private sexual behaviour.

11 setembro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

http://noticiasdaeuropa.blogspot.com/2007/09/sugestes-de-gordon-brown-e-alteraes-da.html

11 setembro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

http://www.barlavento.online.pt/index.php/noticia?id=15248

11 setembro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

http://www.anorak.co.uk/tabloids/173613.html

11 setembro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

http://mccann.bravehost.com

A theory on what could have happened on May 3
The extra hour 'R' may have had
One whole curious aspect of the case, is Kate's actions on the night. She did several things that seemed odd at the time.


One of them was she came running back into the restaurant screaming "They've taken her!"

This leads us to ask, who is 'they' and why did she assume Madeleine was abducted instead of wandered off which would be the reasonable conclusion of most people. She also LEFT the twins by themselves while she ran back to the restaurant. Now if you were sure an abductor had just snatched your child, would you leave your two remaining children behind in the same spot where an abductor was possibly lurking about? Nope. Me neither. But Kate did.

So why did Kate do these strange things?

And in particular, if Gerry and Kate were involved, then why did she make these kinds of mistakes when this should have been sorted well beforehand when they worked out their plan for how they were going to explain that their daughter was suddenly missing (ie 'the abduction').

Well what if Kate wasnt supposed to 'discover' Madeleine missing? What if it was supposed to be another member of the group who didnt do his job properly and actually check on the kids thus forcing Kate to have to be the one to 'discover' the missing child.


Lets back up a few hours to the start of the evening. The cadaver dog had detected a corpse had been in the apartment, this means the corpse had to have lain their for a couple of hours. The last reported sighting of Madeleine seems to be anywhere around 5:30pm to 6:30pm depending on which reports you read. Lets say she died of an accidental overdose around 7pm. Gerry and Kate panic, not knowing what to do. They contact another couple in the group for help, lets call them J and R. R agrees to help dispose of the body. Gerry and Kate go the restaurant as previously planned so nothing seems out of place. At 9:05pm Gerry goes to check on Madeleine. Soon after J also leaves the table. R at this point was already away from the table. In fact according to several witnesses, R had been away from the table for most of the night, giving him the time to dispose of the body. Shortly after Gerry does his check, R assists in his part of the plan, possibly using the blue jeep that the group had hired. J is already pre-prepared with her 'mystery man' story for later on.

Now heres where it gets interesting. Gerry has done his check at 9:05pm. J then did her checks around 9:15pm to 9:20pm, remembering that J is an insider. But now its Matthew Oldfields turn to check, a little after 9:30pm, closer to 9:45pm according to some witnesses. Matthew Oldfield is NOT part of the plan. However when he does his checks HE is the one supposed to discover that Madeleine is missing. But there is a problem. Matthew doesn't do his job properly and comes back to the table saying that everything's fine. Matthew gave 2 statements that night. In the first it is inconclusive if he even checked in the apartment at all but instead just listened for any crying etc. In his second statement he said that he looked into the room and 'beleived' he saw Madeleine sound asleep. So in both statements that he makes not once does he conclusively say 'I saw Madeleine when I did my checks'. Thats because he never did, but didnt want to get in trouble for not having checked properly.

But this causes a problem. Its now Kate's turn to check on the children and by this point, Madeleine should already have been discovered missing, while Gerry and Kate were sitting at the bar with an independent witness (the aerobics instructor that Gerry had conveniently called over). With the plan in disarray, Kate goes over to the apartment, 'discovers' Madeleine missing and runs back screaming to the restaurant 'They've taken Madeleine' (because the plan had already been that an 'abductor' had taken Madeleine) and in her haste to get back to the restaurant she forgot about the fact that if she had really been concerned about an abductor she would immediately have taken her twins with her. But of course she hadn't factored this in, because this scenario was never supposed to have happened. She was supposed to have been back in the restaurant when Madeleine's disappearance was discovered.

I've always wondered 'if' they have something to do with Madeleine's disappearance, why Kate seemed to have made a hash of her actions at the time Madeleine had disappeared. I now wonder if it's because the last part of the plan, for someone else to discover Madeleine missing, didn't come off as planned, so suddenly she found herself having to carry out the 'discovery' herself and in having to make everything up on the spot, she didn't think everything through enough.



The extra hour 'R' may have had
One of the queries I have had with my theory above is the timings. People have said that R simply doesnt have enough time to take Madeleine somewhere, dump or bury the body and get back in time so as to not arise suspicions. In fact while one report implies he was hardly there at all, another states that he left the table with Mr Oldfield at 9:30pm arriving back at 9:55pm just before the alarm was raised.

Clearly if this report is true, there simply isnt enough time in the schedule to have dumped the body.

HOWEVER, No-one that I know of has questioned where the Tapas7 (ie not Gerry and Kate, but friends) were between 10pm and 11pm.

Why this particular time frame?

Police were called at approximately 10:40pm and they arrived between 10:50pm and 11pm.

Now between 10pm (when Kate raised the alarm) and 11pm (when Police arrived) everyone was rushing around the resort looking for Madeleine. They were looking in her apartment, in the resort, and down the sidestreets of Praia du Luz to find her. In fact, one of the Tapas 7 could easily have gone 'missing' during this period and no-one would notice their absence because they were to busy looking for Madeleine themselves.

So here's a potential update to my theory.

Sometime between 9 and 10pm, R leaves the table and gets the body of Madeleine and puts it into the blue jeep. He then returns in time for Madeleine to be discovered missing. Immediately everyone starts rushing around the resort looking for her. This is R's cue to jump in the jeep and dispose of the body. He knows he has time, because for a start even by the time police arrive they will be so busy just finding out what is going on exactly and talking to the parents, that by the time they would think of speaking to the Tapas 7, a lot of time would have elapsed. And even if he wasnt there at the exact time police wanted to speak to him, he can easily explain it away by saying that he was 'looking' for Madeleine in the streets of Praia du Luz.

So now all of a sudden he has an extra hour or more to dispose of the body. And he has an added advantage in the form of 'J'. She can easily phone him on his mobile if need be when the police arrive thus letting him know he should get back.

I think perhaps there is too much focus on the 'missing hour' between 9 and 10pm but no-one has really queried exactly what each of the Tapas 7 were doing in that vital period between when Madeleine was discovered missing and when the police actually arrived. This is an extra hour that could prove to be very telling .....

11 setembro, 2007  
Blogger PintoRibeiro disse...

Lapidar, lapidar, K'mrd.
Abraço.

11 setembro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

Terra removida ?

11 setembro, 2007  
Anonymous David disse...

Ora bem,
Isto parece-me claro como a água.
E é a velha história de sempre.
Quem quiser acreditar que este casal nunca, mas nunca, será metido na prisão é
bem-vindo.
A história é que eles realmente mataram a menina. A policia sabe disso.
Agora, lembrem-se que o Gerry é amigo pessoal de Gordon Brown, lembrem-se também
de que o casal esteve envolvido em histórias de swingers.
Juntem dois mais dois.
Gerry pede ajuda a Brown para se livrar da prisão e a única carta que tem na mão
é precisamente saber que Brown esteve envolvido no swing.
"Ou me ajudas nisto ou eu digo o que sei"
Gordon Brown sabe que um escândalo destes o demitiria imediatamente do governo
inglês e portanto, ajuda!
E como?
Fácil, faz ele um acordo com o governo português (tal e qual como a história dos
aviões da CIA, lembram-se?). A PJ tem feito um trabalho extraordinário mas não é
à PJ que cabe a decisão final. Também não interessa, pois é o MP que , no fim,
fará a acusação. Pois, O MP, com o processo na mão, apesar de ter provas
suficientes para os meter na prisão, não o vai fazer! Os MP não querem perder
os seus empregos, e mesmo que houvesse algum herói que tentasse denunciar isto,
ninguém acreditaria nele e rapidamente seria tratado de dizer que ele era um
tolinho qualquer (tal como devem dizer de mim). Não há fuga possível!
Rui Pereira é a chave disto e eu apostava os meus olhos em como os McCann nunca
irão parar à prisão e que, em breve, arranjarão um culpado para limpar a imagem
do casal e, pior ainda, os portugueses fazem papel de imbecis e pedem desculpa
por ter acusado os McCann!
É assim que o mundo gira e vai continuar a girar.
O Maddiegate é apenas mais um entre tantos....

David

11 setembro, 2007  
Blogger Basílio disse...

A polícia fez buscas nessa igreja?

11 setembro, 2007  
Anonymous Filho da Viúva disse...

O casal NÃO matou a menina, mas sabe bem quem a levou. Não obedeceram ao grupo Bilderberger (Gerry estava indigitado para ser ministro da saúde de Gordon Brown, e recusou uma exigência da «seita») e este retaliou, levando-lhes (e possivelmente matando) a filha, como castigo e «aviso» a outros membros.

A publicidade que o casal fez acerca do caso serviu para se protegerem de um eventual «acidente», perpetrado pelo grupo. A partir do momento em que eram conhecidos, seria mais difícil encobrir um «acidente».

A ala menos dura dos Bilderbergers, a que Gerry pertence, deu-lhes apoio (não foi só o Gordon Brown) e disponibilizou-lhes o advogado do Pinochet, habituado a lidar com este tipo de gente.

É uma luta entre duas facções de um mesmo grupo que pensa dominar a maior parte dos governos e finanças mundiais. De lembrar que também o Sócrates, o Durão e o Cavaco pertencem ao clube Bilderberg (Cavaco Silva entrou em 1998).

Quanto ao «swing», é mais uma desinformação para público engolir: Gerry McCann pertence ao Rito Escocês de York da Maçonaria inglesa, tal como Gordon Brown. Nas proximidades do Ocean Club, há vários membros do Rito, inclusivamente um com um local para rituais maçónicos, que o autor deste blog já referiu.

As idas nocturnas para reuniões rituais nesses sítios são muitas vezes confundidas com outras coisas pelo público não-iniciado.

Daí a lançarem a história do swing foi um passo (bilderberguiano).

Aliás, toda a campanha mediática e as pressões sobre as polícias tresandam a tramóia a alto nível, e não necessariamente por parte dos McCann. Eles apenas sabem do que se trata. E perderam a filha.

Quanto às «provas», é dos manuais mais antigos saber como «plantá-las»...

11 setembro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

como era o passado da mãe há 3 anos? A menina ainda está viva... foi um erro de palmatória terem plantado aquele sangue...

11 setembro, 2007  
Anonymous E. Poe disse...

Nas traseiras da igreja há uma vala coberta de cimento... Quem se arrisca a ir esburacar aquilo? Nos pilares da Ponte 25 de Abril, por exemplo, estão emparedados os corpos de trabalhadores que lá caíram e por lá tiveram de ficar, os infelizes. E naquele tempo, ainda se chamava Ponte Salazar...

11 setembro, 2007  
Anonymous 33 disse...

Desculpem lá os "crânios", mas tenhos umas questões simples. São 33:

1 - A que horas e em que dia é que Madeleine foi vista em público com vida pela última vez?

2 - Como era o dia-a-dia do grupo onde estavam incluídos os McCann? Por onde andaram no Algarve? Que rotinas tinham?

3 - Se a mãe diz que o boneco de peluche de Madeleine estava em cima do armário quando deu pelo desaparecimento da criança concluindo assim que o raptor o teria colocado naquele local tão alto e inacessível para a pequena, como se explica o facto do mesmo não ter sido apreendido pela polícia para análises até ao fim da investigação e andou sempre na mão da mãe para as fotografias?

5 - E se fizeram análises ao peluche, por que é que não se disse ainda se havia vestígios ou não de outra pessoa que não os McCann ou um dos seus amigos?

6 - O mesmo se aplica ao carro alugado 25 dias depois do desaparecimento de Madeleine e onde foram encontrados vestígios de ADN da menina, por que não foi também apreendido e se permitiu que o casal o continuasse a usar?

7 - Por onde andaram os McCann durante o dia em que alugaram o carro, dois dias antes de terem ido a Roma ver o Papa? As televisões deviam mostrar imagens de arquivo desse dia para mostrar se eles, afinal, estiveram assim tão "vigiados" quanto isso.

8 - E, sobre este mesmo carro, quem o alugou durante os 25 dias de intervalo entre o desaparecimento de Madeleine e o aluguer aos McCann levado a cabo pelos representantes do Ocean Club?

9 - E por que o Diário de Notícias que, a 13 de Maio, noticiou que não era a primeira vez que desaparecia uma criança do Ocean Club, nunca mais voltou à história e nunca nos disse em que altura aconteceu esse desaparecimento e qual o nome dessa criança?

10 - Por que o apartamento dos McCann foi vendido um mês depois do desaparecimento da menina?

11 - É mesmo verdade que há obras a decorrer nas traseiras da Igreja e há cimento fresco na área?

12 - Por que os McCann pediram um padre católico desde os primeiros momentos? Será que depois foram comungar nas sucessivas missas sem se confessarem ao padre de "sua confissão"? E alguém os viu comungar?

13 - O que sabe o Papa? Como é que o convenceram a aceitar posar para a fotografia com os McCann?

14 - Gerry e Gordon Brown são mesmo amigos pessoais ou foi uma amizade institucional que aconteceu entre ambos uma vez que este desaparecimento teve lugar uma semana antes da demissão de Tony Blair e a subida técnica de Brown a primeiro-ministro de Inglaterra?

15 - Será que essa amizade é realmente anterior e Madeleine foi usada para uma qualquer chantagem contra o actual primeiro-ministro britânico e Madeleine ainda está viva algures, como refém, e os McCann foram inocentemente apanhados no meio da contenda?

16 - Planeiam-se eleições gerais no Reino Unido em Outubro. O Conservador David Cameron seria um melhor líder do que o Trabalhista Gordon Brown. Cameron já foi apelidado de "o novo Blair". Será que Madeleine, caso esteja viva, é moeda de troca até essas eleições?

17 - As imagens de Madeleine foram divulgadas e os pais usaram a característica única do seu olho para criar um logotipo destinado à busca mundial na net. Essa divulgação, dizem especialistas policiais, é prejudicial para a vida da menina pois um pedófilo mataria a criança assim que soubesse que estava a ser tão procurada. Será que os pais sabem que isso não importava uma vez que eles é que a tinham matado - por acidente ou de uma outra forma mais violenta? E se, por outro lado, eles sabem que não a mataram, como a polícia suspeita, será que sabem que alguém ou um grupo - os tais do "Eles levaram-na" que a mãe exclamou quando deu o alerta - a têm em seu poder até ao dia em que vão devolvê-la depois desta lucrativa confusão mediática?

18 - É verdade que o MP foi mesmo pressionado para não aplicar a prisão preventiva da mãe de Madeleine, Kate McCann?

19 - Por que não se fala mais sobre as escutas telefónicas aos McCann e aos e-mails?

20 - Como era a vida dos McCann na Holanda?

21 - quem foi o médico que fez a enseminação artificial?

22 - Gerry, afinal, é ou não pai de Madeleine? O que diz o ADN?

23 - Os amigos do casal tinham também eles ligações com grupos políticos ou casos de negligência médica?

24 - A casa de Murat foi revistada e andaram à procura de alçapões onde o corpo pudesse ter estado. Por que não foram procurar na outra casa ao lado do Ocean Club onde existe uma pirâmide, objecto fúnebre por excelência e logicamente suspeita num caso desta envergadura? Será que a pirâmide é oca? O que há lá dentro? Uma sonda sonar poderia facilmente esclarecer isso sem a necessidade de, baseada numa simples suspeita, destruir aquela construção privada.

25 - A que horas foi dado o alerta para a polícia?

26 - A que horas foi dado o alerta para a televisão inglesa?

27 - A que horas chegou, vindo de Inglaterra, o primeiro jornalista britânico à Praia da Luz ?

28 - Quem tramou Murat? Por que continua ele como arguido?

29 - Por que não houve ainda uma reconstituição dos movimentos do grupo de amigos na noite em que Madeleine desapereceu?

30 - Quem aconselhou o advogado português aos McCann?

31 - Quem aconselhou o advogado inglês aos McCann?

32 - Por que os jornalistas dizem tantas asneiras e não fazem perguntas?

33 - Porque fez a PJ tantas asneiras e não responde as estas perguntas?

11 setembro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

A pista de que não houve rapto foi lançada a 13 de Maio, embora colocando ainda de fora os pais, mas a ideia de que a menina saiu sozinha pelo seu pé é mais improvável do que a morte pelos pais. De qualquer modo a conclusão de que a solução do mistério estava na Praia da Luz e não numa busca qualquer por Marrocos ou Malta era desde logo avançada por este especialista britânico:

Former Scotland Yard detective John O'Connor has been in Portugal trying to pick up clues. He believes Madeleine may have in fact wandered out of the apartment to a nearby supermarket from where she was taken and he thinks she is still close by.

http://news.sky.com/skynews/video/videoplayer/0,,30000-1265415,.html

Visto aqui:

http://forums.about.com/n/pfx/forum.aspx?nav=printDiscussion&webtag=ab-crime&tid=16752

11 setembro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

http://news.sky.com/skynews/article/0,,91210-1271363,00.html?f=rss

11 setembro, 2007  
Anonymous Ricardo Zenner disse...

Boas perguntas - e bem pertinentes - Caro 33.

Cumprimentos

12 setembro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

Interessantes considerandos. Muito interessantes mesmo.
Não deixem tambem de ler este blog:

http://madeleinemaccann.blogspot.com/

23 setembro, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial