20060523

Um código do Carrilho!

O "Bokarras" presenteou-me com este código do Carrilho que tenho mesmo de reproduzir com devida vénia ao autor - Pedro Boucherie Mendes.

- Querem ver que o Carrilho e o Dan Brown estavam feitos um com o outro?
- Querem ver que o famoso "Código de Da Vinci" foi um instrumento de campanha para Carrilho poder ganhar as eleições em Lisboa?
- Ou será que foi exactamente o contrário e Dan Brown contribuiu, também ele, para que Carrilho fosse derrotado?
Então vejam...

Há várias pistas que nos levam a descobrir quem tramou Carrilho na corrida a Presidente da Câmara de Lisboa. Está tudo no livro "Sob o signo da Verdade"... mas codificado em paralelo com o livro de Dan Brown "Código Da Vinci". E não acredita... verifique...

1ª Pista
O filho de Carrilho chama-se Dinis.
O Rei D. Dinis morreu com 46 anos.
Pág. 46 do Código Da Vinci:
Aparece a palavra "Portugal".

2ª Pista
A palavra Carrilho tem 8 letras.
Avançamos 8 páginas.
Pág. 54 do Código Da Vinci:
Aparece "campanha da difamação".

3ª Pista
O livro de Carrilho tem 207 Páginas
Pág. 207 do Código Da Vinci:
Aparece "Toda a gente adora uma conspiração".

4ª Pista
Clara Ferreira Alves foi muito criticada por Carrilho e aparece no livro de Carrilho na página 167
Pág. 167 do Código Da Vinci:
Aparece "A preciosa verdade perdeu-se para sempre".

5ª Pista
Emídio Rangel é apoiante de Carrilho e aparece na página 78 do livro de Carrilho.
Pág. 78 do Código Da Vinci – aparece o recado de Rangel para Carrilho
"Professor… as consequências poderiam ser desastrosas para si."

6ª Pista
Quem tramou realmente Carrilho ?
O filme de Carrilho na campanha tinha 13 minutos.
Somamos à página 78, os 13 minutos do filme e vamos para a página 91
Pág. 91 do Código Da Vinci
Aparece "P.S. - P.S. - P.S."

E como diz o outro... Isto é mesmo verdade, não é só publicidade!

Afinal não deviam ter feito o filme "O Código Da Vinci", mas sim "O Código de Carrilho".


..............

Um aviso didáctico: Como viram neste excelente exemplo humorístico, a numerologia dá para tudo. Esta é a tal "receita de bolo típico da Jamaica". Porém, no meu livro "A Mensagem Brown - O Código Dentro do 'O Código da Vinci'", as progressões matemáticas que faço são entre os capítulos e não entre os números das páginas da edição portuguesa. Os números dos capítulos, ao contrário dos números das páginas, serão sempre os mesmos em todos os países independentemente da língua em que a tradução tenha sido feita. Os números das páginas já mudam... Ou seja, o meu código não se baseia apenas nos números que encontraremos na edição portuguesa, mas é algo que pode ser encontrado em todos os 40 milhões de exemplares do "O Código da Vinci" espalhados pelo mundo, desde os EUA à Rússia...

1 Comentários:

Blogger UheccaGil disse...

Adorei este código! Parabéns a quem o fez. Tem imensa piada!

23 maio, 2006  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial