20041115

Os marroquinos do Ameal

Algumas perguntas sobre esta notícia de hoje no DN, que remonta à altura desta outra da TSF.

Vamos lá ver: então os tais 11 ou 18 marroquinos, ou "muçulmanos", estavam todos na mesma pensão do Ameal?
Isso é um óbvio sinal de que eram bons estrategas? Querem-nos convencer que a ideia dos terroristas era colocarem-se todos ao molho na mesma pensão no Ameal e fé em Alá?!... É uma táctica tão boa como qualquer outra, mas outra qualquer poderia dar menos nas vistas...
Depois, houve "sinais" de que "estavam a preparar algo", porque iam buscar pequenas quantias em dinheiro ao aeroporto de Lisboa num carro com matrícula holandesa... E, antes que surgissem uns explosivos para animar a festa, há que expulsá-los sem que se faça uma investigação? Sem provas, apenas para a notícia. Como se viu.
Agora, após terem sido expulsos, ainda conseguiram regressar ao mesmo País, Holanda, que já os tinha referenciado e foram assassinar uma figura polémica como Theo Van Gogh?
Como resultado disto, anda a Holanda a viver uma onda racista. A terra da histórica tolerância é agora intolerante por causa desta história muito mal contada.
Dão notícias com aqueles títulos: "Grupo planeou atentado no Porto" e depois vamos a ver que não se sabe de nada, mas o que fica é o título. Falam, falam e não dizem nada, ah! fico chateado, concerteza que fico...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial