20041004

Diálogo com uma pessoa estrangeira numa noite de copos...

- Então explica lá...
- Sim, vou-te contar tudo, mas desculpa que já bebi um bocado e não me lembro do teu nome...
- Ruth.
- Sim, e és turista alemã...
- Disseste-me que me ias explicar coisas sobre Portugal.
- Não é só sobre Portugal, é sobre a Europa. A nossa Europa... Estás a ver o presidente da Comissão Europeia, o português, Durão Barroso?
- Sim.
- Bom, ele era o primeiro-ministro. É do Partido Social Democrata e apoiou Bush naquele encontro nos Açores com Blair e Aznar antes da invasão do Iraque...
- Sim, lembro-me...
- Depois houve as eleições europeias e ele perdeu...
- Bravo! E quem ganhou, foi o Partido Socialista, não?
- Exactamente...
- Muito bem! Estou a pensar vir viver para Portugal!...
- Espera! Agora ouve isto: dias depois, quando todo o País andava a agitar bandeirinhas por causa do Europeu de Futebol, ele foi convidado pelo amigo Blair para ser o presidente da Comissão Europeia. Ele aceitou e o Presidente da República de Portugal, que por acaso até é socialista, aceitou depois que o número dois do PSD, que era o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, fosse o novo primeiro-ministro sem que se convocasse eleições... E o líder do PS, aquele que ganhara as eleições europeias, demitiu-se...
- Não sei o que dizer...
- Espera ainda... Esse líder do PS andava a ser pressionado porque o seu nome foi envolvido num escândalo de pedofilia, que ainda está a decorrer...
- Foi envolvido?
- Sim, ele e mais outras pessoas conhecidas na sociedade portuguesa. Há ainda um apresentador de televisão...
- Aquele do funeral de hoje?
- Não. Espera. Esse era amigo do outro...
- Amigo do outro? Sabes, há pouco, no restaurante, estava a olhar para a televisão e disseram-me que nesse funeral, o do apresentador de televisão, estiveram o Presidente da República e o primeiro-ministro... Ele devia ser uma pessoa muito importante mesmo...
- É muito simples. Este é um País pequeno e toda a gente se conhece. Dou-te um exemplo: ainda há pouco, num canal de televisão, vi um comentador, que até já foi líder do mesmo partido a que pertence o actual presidente da Comissão Europeia, dizer que a mãe desse apresentador foi sua professora, ou qualquer coisa assim...
- Não estou a perceber...
- Desculpa, não devia ter bebido tanto...
- Isso foi em que canal?
- Viste um canal que estava a dar o jogo de futebol do FC Porto?
- Sim...
- Viste quando acabou o jogo e começou o telejornal...
- Telejornal? Só vi um tipo a falar. Falou, falou, falou. Aquilo esteve na mesma imagem durante quase meia-hora... Sem parar!
- Pois, foi nesse canal...
- Ele deve ser um indivíduo interessante...
- Sabes que há uns tempos tínhamos um ditador que também falava assim... Eram as "Conversas de Família", o que até acaba por ter piada, pois este comentador tem o mesmo primeiro nome do tal ditador... E o seu pai foi ministro desse ditador...
- Era fascista?
- Podemos dizer que era uma espécie de regime fascista, sim...
- Pois, esse tipo de comunicação directa com as massas é típico...
- Talvez, mas ainda há pouco tempo estive na Venezuela, onde têm um líder de esquerda que, aos domingos, olha, também aos domingos, tem um programa em directo na televisão, durante seis horas, onde até responde a perguntas feitas pelos telespectadores.
- O Chávez é um parvo! Esse tipo está a dar cabo da esquerda...
- Pois, mas a esquerda adora-o!
- Mas, vi ainda qualquer coisa hoje sobre o PS português, não foi?
- Sim, pode parecer que elegeram um novo secretário-geral, mas aquilo já estava decidido há muito tempo...
- Como assim?
- Em Maio, no maior semanário do País, que é propriedade do membro nº1 do PSD, o partido de Durão Barroso, o presidente da Comissão Europeia, essa pessoa é dono de uma televisão privada... e que também já foi primeiro-ministro, depois da morte do homem que era primeiro-ministro num acidente de avião... Estás a ver o Berlusconni, em Itália?
- Sim.
- É uma espécie de...
- Estou a ver...
- Pois, dizia eu que, em Maio, esse jornal dizia que dois políticos portugueses tinham sido convidados pelo dono do jornal para irem a um encontro anual do grupo de Bilderberg... Sabes? Essa organização meio-secreta que reúne políticos e importantes empresários para discutirem como vai ser o governo do mundo... Esse antigo primeiro-ministro de Portugal é membro da comissão de coordenação do grupo. É amigo, por exemplo, do Henry Kissinger...
- Sim, sei...
- Pois bem... Sabes quem foram os dois políticos portugueses que esse homem convidou?
- Não..
- Aquele que é hoje o primeiro-ministro e o que é agora secretário-geral do PS...
- Meu Deus! Como é que vocês conseguem viver aqui?
- Porque isto é uma "Quinta das Tias", perdão, "Quinta das Celebridades"!...
- Desculpa, mas, mais uma vez, não te entendo...
- Não faz mal... eu entendo-me...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial