20030822

Ali há Ali...

Recebi isto e partilho (obrigado ao autor):

"Porque para mim, afinal, também tanto faz, e porque nunca me fascinaram as teorias da conspiração, aqui fica uma pérola: a prova provada da ultra eficácia da coligação anglo-americana, que consegue o feito notável de, primeiro matar um primo de Sadam, e depois capturá-lo vivo. Isto mais de 4 meses depois. Senão veja-se: os jornais internacionais noticiaram a 08.04.2003 que, e cito título do El Mundo: «Los británicos aseguran que han encontrado en Basora el cadáver de Ali 'el Químico».
No mesmo jornal, podia ler-se no corpo da notícia:

«El comandante Andrew Jackson del Tercer Batallón del Regimiento de Paracaidistas confirmó que el cuerpo del temido militar, primo de Sadam Husein y perteneciente al clan de los Tikriti, había sido descubierto junto al de su guardaespaldas y el responsable de los servicios de inteligencia en Basora, tras el bombardeo que destruyó la residencia donde se encontraban reunidos el sábado pasado». Mais adiante, o El Mundo desce ao pormenor e acrescenta:

«Su cadáver fue descubierto cuando las llamadas Ratas del desierto bombardearan la sede del partido Baaz en Basora. (...) El ataque del sábado y la casi certeza de que Ali Hasan había sido eliminado fueron los desencadenantes de la ofensiva británica contra Basora que ayer consolidaban su control de la segunda ciudad iraquí».

Hoje tenho-me fascinado a ouvir este milagre da ciência moderna. As rádios têm estado toda a manhã a dizer-me que os americanos capturaram Ali, o Químico.

Explicação possível, sem recurso a teorias da conspiração: Ali dominava na perfeição os segredos da alquimia. Antes de morrer, construiu um duplo. Ele aí está. Dentro de quatro meses, e com um pouco de sorte, podemos ter uma tripla.

Pois!

VC"

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial