20120120

Minuto 15

11 Comentários:

Anonymous Anonimo Nº1 disse...

Que g'anda bronca!!!

Será que vai ser suicidado?
(Como tem acontecido aos outros - que falam - noutros países - onde a rede captura as crianças?)

20 janeiro, 2012  
Blogger Fernando Negro disse...

Frank Carlucci e, possivelmente, não só...
Não sei o quão verídica possa ser, mas já ouvi o mesmo tipo de acusação ser feita a outra pessoa muito mais importante, que não só também pertencente a, como lidera, o "establishment" anglo-americano.
http://www.youtube.com/watch?v=niuO6u-tL7c

20 janeiro, 2012  
Anonymous Anonimo Nº1 disse...

Caso da ilha de Jersey (ver rede de Zandvoort)
Caso Dutroux (ver Marc Dutroux e Jean-Michel Nihoul)
Caso Maddie
NOTA: Maddie desapareceu em 3/5/2007 e Nihoul sai da prisão a dia 4)
Caso Casa Pia
Caso Franklin - Franklin Cover-Up (ver Larry King)
Caso Franklin - Franklin Cover-Up (ver Larry King)
Caso Presidio(ver Michael Aquino gajo importante no exercito americano e fundador da "igreja" Temple of Set)
Caso Welford House
Caso Kincora Boys
Caso Bryn Estyn
Caso Letónia de 1999
Caso Dunblane
Caso Islington
Caso Leicester
Caso Quarriers Homes
Caso Nazareth House
Caso St Ninians
Caso Coatbridge
Caso do orfanato para crianças aborigenes no Canadá
Caso Baby P (Bébé Peter)
Caso Arca de Noé (em francês)

Bonus 1:
Andre Cools antes de ser morto acusa:
Dick Cheney, Neil Bush, Frank Carlucci, Donald Rumsfeld, membros do Republican Barbour, dos clãs Racicot e Jonathan Aitken.

Bonus 2:
Dutroux era próximo do diplomata Jorge Ritto que por sua vez é um amigo próximo de Koiichiro Matsura.

Bonus 3:
Pedófila é o mais soft que esta máfia faz ás pobres das crianças

20 janeiro, 2012  
Anonymous Anonimo Nº1 disse...

Ahhh

Esqueci-me do mais recente(!)
do Caso Hollie Greig que curiosamente os alegados abusadores directos fugiram para Portugal, e estão cá a curtir as "férias"

Fora os casos que agora não me vêm á memoria e os que ainda não se sabe...

Ainda duvidam?

20 janeiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

A julia parecia que tinha engolido uma mandioca e até , em jeito de ameaça, perguntou se o Pedro Namora tinha consciência das consequências que podiam cair em cima dele por causa das afirmações!!!! Ufff A mulher ficou com suores frios !

E será que o Americano era só amigo do Mario Soares? E os outros ?



Vamos ver que consequência é que isto vai trazer ???

Devem ser as do costume !!!

21 janeiro, 2012  
Blogger Fernando Negro disse...

E reparem na desigualdade de representação das duas opiniões adversárias.
Três (3) pessoas que acham que Carlos Cruz é culpado contra apenas uma (1) que acha que ele é inocente.
75% de tempo de antena a dizer que ele é culpado, contraposto com apenas 25% de tempo de antena a dizer que ele é inocente.
Independentemente da correspondência, ou não, na sociedade, em geral, desta mesma proporção, o que deverá acontecer com muita gente que veja este debate é que ganhará na sua mente inconsciente a opinião que possui o maior número de representantes. Pois a grande maioria das pessoas tem a chamada "mentalidade de rebanho" e deixa-se sempre levar pelas maiorias.
A ter sido uma escolha propositada, poderá ser uma táctica que visa desacreditar quem ache que CC é inocente.

21 janeiro, 2012  
Anonymous Anónimo disse...

É deveras perturbador saber como as coisas são manipuladas, seja para que lado for, sem o minimo de pudor, moral ou sequer humanismo. Nem falo dos crimes de pedofilia, falo sim de todos aqueles que neste processo são corruptos e mentirosos. É assustador pensar que faço parte da mesma espécie destas pessoas...

21 janeiro, 2012  
Anonymous ana borges disse...

Fernando:
Neste caso é indiferente aquilo que a opinião pública pense ou não, apesar de haver sempre óbvia tentativa de manipulação. No fim, quem decide são os tribunais e esses é que são de meter medo de tão manipulados que são!

21 janeiro, 2012  
Anonymous Anonimo Nº1 disse...

Neste caso a única coisa que eu tenho a certeza absoluta é que muitas crianças sofreram e sofrem, e que de algum modo, apesar das guerras internas de poder de um "recurso" para eles essencial, a seita internacional está de algum modo ligada.

Fernando Negro:
Se formos analisar bem, ambos os lados apresentam falhas e inconsistências, perguntas inconvenientes, assim, de que lado está a verdade? Acho que de nenhuma deles, ambos escondem alguma coisa.

Assim ensinou Goebbels à história, a mentira tem de ser salpicada com pequenas verdades.

ana borges:
Os tribunais?! Aqueles que se deixaram corromper, ou outros? Dos 1ºs não tenho esperança, dos 2ºs não conheço!

Desconfio que no fim, toda a gente vai ser inocentada ou desculpabilizada judicialmente por erros processuais, prescrição ou qualquer coisa do género..

22 janeiro, 2012  
Blogger Fernando Negro disse...

Ana Borges,

Eu ainda vou ter de me informar melhor sobre esta história para perceber, afinal de contas, o que é que se passa aqui... E hei-de ler, em breve, o livro do Carlos Cruz. Mas, pelo que agora soube através do Estulin, e pelo que andei já a espreitar no sítio do Carlos Cruz, parece que há realmente várias coisas que, definitivamente, não batem certo nesta história... E, a ser verdade o que é dito pelos dois - que começo a constatar que é mesmo - é, de facto, assustador pensar o quão controlados estão até os tribunais...
O sistema judicial ainda era uma das poucas instituições na qual eu depositava alguma confiança.
Não relativamente ao seu topo, que sei, pelo que foi posto a descoberto pelo caso "Face Oculta", estar sob controlo. Mas pensava que, apesar de tudo, ainda se podia ir tendo alguma fé nos órgãos mais baixos desta hierarquia. Que ainda se podia ter alguma fé na boa fé de quem trabalha nesta instituição em cargos de menor importância. Mas estou a ver que nem isso se pode ter... E que a situação em Portugal se assemelha à de outros países, onde reina a corrupção.
Estou a ver que, tal como é o caso de todas as organizações hierárquicas, controlando o topo, tem-se, de facto, quase toda a organização sob controlo. E que, pelos vistos, há sempre quem se venda e que não tenha princípios, com quem se pode contar para fazer o que quer que seja, mesmo nas posições mais baixas na hierarquia. Lacaios sub-humanos, de menor importância, dispostos a fazer tudo para agradar aos seus senhores, com vista a uma recompensa e a uma possível subida nessa mesma hierarquia.
Que este país é imensamente corrupto e que a corrupção constitui a norma e não a excepção, já eu sabia. O que, pelos vistos, ainda não sabia era qual é a verdadeira dimensão dessa mesma corrupção.
Nem a PJ, de quem eu tinha boa impressão, se safa, pelo que vou também sabendo, neste blogue, do caso Camarate.
Isto é incrível...
Houvesse um sítio melhor para estar neste momento, começava eu a considerar seriamente a hipótese de me ir embora daqui.

23 janeiro, 2012  
Blogger Fernando Negro disse...

E retiro o que disse, ou insinuei, sobre o Carlos Tomás...
O Frederico tinha razão.
O Carlos Tomás é também um jornalista a sério, que fez um muito bom trabalho de investigação.

23 janeiro, 2012  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial