20090806

Portugal em Cambridge

Este fim-de-semana foi dedicado a um passeio por Cambridge. Para um português em Cambridge existe um interesse acrescentado: a rua Portugal Place. O nosso país tem honras toponímicas numa cidade onde grandes cérebros da humanidade, como Isaac Newton ou Charles Darwin trouxeram luzes ao mundo. Ou o prémio Nobel Francis Crick, que juntamente com James Watson descobriu o DNA. Crick morou cerca de 20 anos no número 19 de Portugal Place.
Estranho, contudo, é ver o nome do nosso país junto de uma das mais antigas igrejas do Reino Unido, a Round Church, uma pequena capela redonda que data do tempo dos Cavaleiros Templários (Séc. XIII) e que também é conhecida como a igreja do Santo Sepulcro. É uma igreja que se encontra facilmente, vindo do Kings College e passando em frente do Trinity College. Surge-nos à nossa frente, no fim da St John Street. Se depois virarmos para a esquerda, seguimos pela Bridge Street – ou seja, a rua da ponte sobre o rio Cam (anteriormente conhecido como Granta) e que dá o nome à cidade – e vamos ter à Magdalene Street, a rua da Madalena, onde está o colégio com o mesmo nome. A meio da rua da Ponte está a rua com o nome do nosso país.
Para quem não está habituado a estas coisas telúricas, informe-se que uma das explicações da origem do nome Portugal está intimamente relacionada com todos estes nomes e a lenda do Santo Graal. Sendo Portugal o “Porto do Graal” – “Port du Graal”, em francês. É claro que para os ingleses isso é uma fantasia que permitiu ao escritor norte-americano Dan Brown ficar multimilionário à custa das pessoas que acreditam em lendas. Aliás, a explicação mais lógica que os historiadores de Cambridge dão para a origem do nome Portugal neste local histórico da cidade está relacionada com o vinho do Porto, que chegava pelo rio e ainda ao facto de que, quando a rua foi construída, entre 1820 e 1880, terem sido descobertas moedas portuguesas. Só que ninguém sabe onde estão essas moedas, ninguém sabe de que Época eram, nem sabem se foi mesmo por causa disso que Cambridge ganhou um Portugal Place.
É claro que depois deste passeio, as notícias da lista do PSD para as legislativas parecem-me um tema tão mesquinho e sem elevação. Pedro Passos Coelho é agora um mártir político que só pode crescer ou desaparecer. Tudo vai depender da sua consistência política e carisma de líder. Sinceramente, ao terem deixado de fora o seu nome, acho que foi um favor que lhe fizeram. O futuro o dirá.

Texto originalmente publicado no "Eleições 2009".





Etiquetas: , , ,

4 Comentários:

Blogger Fada do bosque disse...

Resolvi atribuir ao seu blogue o prémio de Olhos visuais, " Vale a Pena Ficar de Olho Neste Blogue".

Abraço. :))
http://oficinadobosque.blogspot.com/

11 agosto, 2009  
Blogger Bela Adormecida disse...

Aproveitei que espreitei este blog, e fui espreitar o seu Fasa do Bosque. Parabéns! Imaginação, versatilidade,profissionalismo.

12 agosto, 2009  
Blogger Fada do bosque disse...

Obrigada Bela Adormecida, é muito amável. :)
Esperemos que o "Dono" deste blogue vá lá espreitar também... :)

ABRAÇO

12 agosto, 2009  
Blogger Karocha disse...

http://infamias-karocha.blogspot.com/

13 agosto, 2009  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial