20090709

Michael Jackson vale mais morto do que vivo

A revista britânica de música "Q", publicou na capa uma foto de Michael Jackson que lhe daria vontade de morrer e uma reportagem bastante dura... horas antes de ser anunciado a sua morte. O caso provocou até um comunicado da parte do editor da revista, Paul Rees...



O texto da "Q" levantava dúvidas em relação à possibilidade de Michael Jackson conseguir cumprir o contrato esclavagista de 50 concertos (sim, 50, cinquenta, cinco e zero) na ArenaO2, em Londres... De facto, a conclusão a que se chega agora é a de que Michael Jackson, sem as suas limitações mentais e físicas que só provocavam cancelamentos de concertos, vale mais dinheiro morto do que vivo: "AEG promoter Randy Philips - the man behind Michael's O2 residency - says it is important everyone gets to see what would have been an 'amazing show'. Earlier this month, he said: 'The world needs to see this production. It would have been - which is the tragedy here - one of the most amazing shows ever, so at some point we want the world to see that. The sooner the better'"...

Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial