20080728

Um palpite


in, "O Enigma da Praia da Luz", pág. 201, Frederico Duarte Carvalho, Guerra&Paz, Março 2008

Etiquetas: ,

3 Comentários:

Blogger Orlando disse...

Este palpite tem o condão de se assumir claramente como ficção. O problema são os palpites anunciados como verdades de punho por quem não tem provas e não soube conduzir o processo de investigação. E não me venham com o argumento da "disciplina" da polícia; se o polícia foi sujeito a pressões, em vez de botar palpites deveria dizer -- preto no branco -- quais foram e de quem vieram essas pressões. Chamar os bois pelos nomes.

29 julho, 2008  
Anonymous Anónimo disse...

Completamente d'acordo com o que escreve Orlando.
Maria

29 julho, 2008  
Blogger FM disse...

E se nunca tivesse existido Maddie em Portugal?
Se fosse uma sósia que desapareceu.

18 outubro, 2010  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial