20071010

Nem de borla...

Não posso dizer que sou contra os jornais gratuitos. Há-os bem feitos e dão emprego a jornalistas. Mas, sou obrigado a constatar que a empresa que acabou de fechar o semanário "Tal&Qual", vangloria-se agora de ter 30 por cento de publicidade numa publicação gratuita diária que funciona sem um corpo redactorial próprio porque utiliza os artigos dos outros jornais que ainda sobrevivem no grupo. Se houvesse um sindicato dos jornalistas em Portugal (não há, não) isto não seria possível. O que vale é que, segundo parece, há pessoas que, mesmo dado, não estão interessadas em ler o dito gratuito:"Dos 150 mil exemplares diários estamos a receber sobras entre os 1300 e os 1500 exemplares".

Etiquetas: ,

2 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Tal y Qual era Cojonudo.

10 outubro, 2007  
Blogger Flávio Gonçalves disse...

Quando nso sair o Euromilhões, aparece um jornal a sério.

Hahaha.

11 outubro, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial