20070715

A caminho da terceira emissão...

E na Rádio Cartaxo o "Eu Sei Que Você Sabe" está já a caminho da terceira emissão, que vai dar a saber factos inéditos sobre a morte da princesa Diana.
Até lá, no nosso blogue podem ouvir e guardar as duas primeiras emissões, saber como nasce cada programa e conhecer o perfil dos cronistas e comentadores.
Ainda um abraço ao jornalista João Ramos de Almeida pelo trabalho das Eleições Viciadas.

Etiquetas: , , ,

2 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

em memória de António Silva Lopes

«Um segredo vale o que valem aqueles de quem temos de guradá-lo.»
Carlos Ruiz Zafón

chamava-se antónio e sa
bia um segredo
um segredo verdadeiro......um verdadeiro segredo
encontrei-
-o no acaso de um corredor onde íamos
fumar / laboriosamente
e
l
e
antóni
o que sabia um verdadeiro segredo
tentou escrever num livro
[cem páginas, tinham que ser cem páginas – dizia o editor]
o seu segredo verdadeiro

iam-se passando as semanas e ele
antónio
sentia-se enlouquecido por saber
aquele
verdadeiro segredo

ele ia revelar em cem páginas
o verdadeiro de um segredo

iam-se passando as semanas
e ele
antónio anunciava que o ameaçavam
que o iam matar que o perseguiam
(outros que como ele sabiam
daquele
segredo verdadeiro)
?mas quem acredita no anúncio de morte
de um homem enlouquecido por um segredo?

ontem o antónio apareceu morto
nu
à frente do seu computador

morte natural – !claro!

antónio morreu de um verdadeiro segredo

http://saudadesdeantero.blogspot.com/2005/07/no-sei-se-isto-amor-14.html

15 julho, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

Pacheco Pereira no Público de 7-7-07:

"Silva Lopes era uma daquelas pessoas que todas as figuras públicas que são abordadas na rua conhecem, dominado por uma single issue, obcecadas e obsessivas, que não falam doutra coisa e querem veementemente convencer o interlocutor da sua razão e da gravidade do que aconteceu. Conheço vários e são mais numerosos do que parecem, ou então o encontro com figuras conhecidas atrai estas pessoas como magnetes. Também eu o encontrei e tenho arquivada alguma correspondência e correio electrónico sobre o assunto, a que não dei muita importância. Para adensar ainda mais o caso, Silva Lopes apareceu morto em casa, no dia em que deveria falar com João Ramos de Almeida, que adianta que 'ainda hoje' se desconhecem os resultados de autópsia, embora nunca tivesse havido suspeitas judiciais de crime. É destes factos coincidentes que se fazem boas teorias conspirativas.
(...)
Admito que alguns resultados, nesta eleição e noutras, tenham sido 'adaptados' até, muitas vezes, mais para garantir uma junta de freguesia do que para o 'alto' resultado final, e aí há gente em todos os partidos, e não só no PS e no PSD, mas também no PCP e no CDS/PP que sabem fazê-lo e vontade não lhes falta".

15 julho, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial