20070422

Lembrar o Dr. Kelly

2 Comentários:

Anonymous Maria disse...

Lembrou e muito bem. Pobre Dr. David Kelly que teve a infelicidade de se cruzar neste mundo com esse hipócrita/mentiroso/lambe-botas e criminoso por interpostas pessoas - sempre de cócoras perante os igualmente criminosos (como já são conhecidos no seu próprio país mas também no mundo) Bush, pai e filho - que dá pelo nome de Blair, mas mais conhecido no seu país and rightly so, por Bliar. O pior é que estes responsáveis directos por muitas centenas de milhar de mortes de inocentes nunca serão julgados, podendo talvez assim expiar os seus pecados. Ele, Dr. Kelly, será lembrado pelo povo britânico como o investigador íntegro, honesto, altamente qualificado e prestigiado que efectivamente era, continuando a sê-lo durante as suas investigações no Iraque. Ele não será esquecido pelo seu povo e um dia, tal como acontece com o azeite misturado com água, a verdade virá à tona para que sejam desmascarados não só os responsáveis pelos ultrajantes interrogatórios a que este cientista foi sujeito em atabalhoadas e vergonhosas 'comissões de inquérito', altamente lesivas do seu prestígio e bom nome, mas iguamente o modo traiçoeiro e criminoso como foi planeado ao pormenor (com muitas pontas soltas que serão puxadas mais cedo ou mais tarde, como sempre acontece, uma vez que os mortos 'falam' mesmo que os queiram calar) o seu "suicídio" pelo MI5, MI6 e CIA, conforme o documentário relata e bem demonstra.

Também altamente revelador do que ao mundo está reservado, é esse documentário excelente (que aproveitei por ele estar ali mesmo à mão, embora só tenha visto um dos vídeos e parte de um outro por falta de tempo, mas chegaram e sobraram) em que o Prof. David Ray Griffin, através de várias palestras extraordinárias por si proferidas na Univ. de Wisconsin, nos dá uma visão clara e precisa do que, na sua perspectiva, realmente aconteceu em 11/09/01 nos E.U. e do que o futuro nos poderá reservar, mas também como é possível combater mundialmente a partir de organismos não governamentais e por investigadores particulares, as mentiras intitucionalizadas de que os governos, todos os governos mormente o dos E.U., por conveniência própria se socorrem para, quando confrontados com elas, sistemàticamente as apelidarem de 'teorias da conspiração' as quais através de aturada e honesta investigação poderão fàcilmente ser desmontadas e por A+B provadas, conduzindo à verdades dos factos. Como ele afirmou - repondendo a uma pergunta de alguém presente que afirmou serem as teorias da conspiração pela sua própria essência impossíveis de serem contestadas - à partida todas as teorias são improváveis como por exemplo a da Relatividade de Einstein o foi e muitas outras o foram igualmente. Porém uma vez investigadas, testadas e comprovadas sem margem para dúvidas, passam a realidades incontestadas. Mais disse o Prof. Griffin, que muitas das acções de guerra noutros países, empreendidadas secretamente pelos E.U. (mas assim que detectadas pelo povo americano, foram logo apelidadas de teorias da conspiração pelos mentores da desinformação e assim catalogadas durante muitos anos até a verdade poder ter sido revelada) foram encobertas e sistemàticamente desmentidas durante dezenas d'anos, vindo muito mais tarde a descobrir-se que ele, governo norte-americano, era quem tinha estado deste o início por detrás dessas guerras e revoluções. Portanto as teorias - qualquer teoria, da conspiração ou outra - deixam de o ser uma vez provado o contrário e normalmente é-o desde que quem investiga seja persistente no intento e tente ultrapassar todos os obstáculos, como ele refere. Estas que agora são consideradas por muitos como teorias da conspiração, como a de 9/11 e aparentemente sem base de sustentação, deixarão automàticamente de o ser passando a verdades incontestadas a partir do momento em que forem suficientemente investigadas, testadas e comprovadas como ele fez. E neste caso, como insistiu, há muita literatura - incluíndo o seu próprio livro sobre o assunto onde está tudo explicadinho, mas como mostrou no programa há vários outros igualmente fiáveis - à disposição de quem quisser investigar e os resultados serão concludentes.

Parabéns Frederico por nos chamar a atenção para este vídeo. Como igualmente de parabéns está, por em anteriores ocasiões nos ter chamado a atenção para outros importantes vídeos e notícias.

Maria

24 abril, 2007  
Anonymous ibis disse...

Há quanto tempo!!
Muito bom.
Estava a ver que nunca mais ninguém voltaria a lembrar o assunto.Mas não.Fred sempre atento.
Para quem costuma esquecer rápido vai funcionar como um Post-it.
Parabéns.

25 abril, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial