20070403

Com a claque dos "Super"

Este domingo acompanhei a claque dos "Super Dragões" na "invasão" à Luz. Viajei na camioneta com Fernando Madureira, o dito "Macaco"...



Sei que nestas viagens não há regras e a polícia esforça-se por manter a ordem que, diga-se, por vezes desafia a lógica civilizacional.



Eram mais de mil adeptos em cerca de 28 camionetas. Foram todos encaminhados para um campo de concentração em Telheiras onde a polícia de choque estava à espera. Não foi mal pensado, pois evitou contacto desnecessário com os autóctones...



Os adeptos azuis e brancos foram conduzidos pelo Largo da Luz até ao estádio da mesma. A PSP comandava o avanço e protegia as alas, mas também apertava os portistas. A chegada ao estádio levou a claque por um caminho inferior, o que permitiu que certos elementos encarnados, num plano superior, achassem que podiam atirar pedras para os compatriotas do outro clube... Outro problema desta civilização que andamos a criar...



À entrada na Luz, a revista demora muito tempo. O pior é o facto dos mais de mil adeptos terem de aceder em massa aos seus lugares apenas por uma única porta, a 23, com o jogo prestes a começar. E ainda queriam que ninguém tentasse saltar torniquetes. Após mais de cinco horas de viagem, sempre vigiados e controlados por polícia de choque, no meio de 3 mil adeptos, a polícia prendeu 3 (o que dá 0,1 por cento de detidos. Ou seja, 99,99 por cento queria ver o jogo e berrar contra os benfiquistas...).



E quando se esperava que os dirigentes desportivos aprendessem com a experiência e resolvessem o que estava mal...

"O presidente do Benfica considera que o que se passou na Porta 23 'é muito grave', nomeadamente o facto de alguns adeptos do FC Porto terem saltado os torniquetes do estádio, não efectuando a validação dos bilhetes. Vieira afirma que não foi ele que deu ordens para isto acontecer e diz que, se fosse uma manifestação, as forças policiais teriam actuado de outra forma. A PSP tinha acusado o clube da Luz de ser o responsável pelos desacatos ocorridos, nomeadamente no que respeita à colocação da claque do FC Porto no anel superior do estádio. Quanto ao próximo dérbi, Vieira ainda não sabe se irá atribuir lugares no Estádio da Luz aos adeptos do Sporting"...

Etiquetas: , , , , ,

7 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

La Guardia Civil Española es mucho mejor que la Policía de Tránsito Lusa........

04 abril, 2007  
Blogger Flávio Gonçalves disse...

Vi, de relance, o Vieira na TV a afirmar que não sabiam se iam ter bilhetes para a claque do Sporting por causa da do Porto se ter portado mal...

Julguei que era gaffe.

04 abril, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

...e ainda chamam a isto desporto!

04 abril, 2007  
Anonymous ana carvalho disse...

Claro,a culpa foi dos benfiquistas que para irem para os seus lugares cativos até tiveram que ficar literalmente esmagados para conseguirem entrar, já depois do jogo ter começado! E, até levaram os very-lights no bolso para atirar contra os colegas do lado!
Tenha santa paciência!...
Os Super-Dragões e os benfiquistas das garrafas de vidro náo foram ao estádio para ver o jogo ...São uns criminosos, e, como tal deveriáo ser tratados

05 abril, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

Que eu saiba nao houve very light nenhum na Luz.
Very Lights houve na final do Jamor em que esses criminosos lampioes fizeram das dele.

05 abril, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

Já agora...
Portugal está em crise!
É umm facto indesmentivel.
Já repararam que Portugal tem uma maioria de benfiquistas?
Já viram a taxa de crescimento economico dos nossos parceiros europeus? Qual será a percentagem de benfiquistas que há nesses paises?
Será o benfiquismo uma forma de terceiro mundismo?

05 abril, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

sao tratados como animais por serem animais.
revista aos SD NNunca é demais...

31 janeiro, 2008  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial