20060407

Mais dados para uma discussão sobre o 11 de Março

Em Espanha, este país tão perto de nós e, contudo, ainda desconhecido para a maioria dos portuguees, existe quem coloque questões. Há seres humanos que querem saber mais do que o seu governo lhes diz. No primeiro exemplo temos um engenheiro de telecomunicações que teve a ousadia de se interessar e soube fazer perguntas após os relatórios oficiais do 11 de Março. E publicou o resultado dessa sua busca em livro...





Também podem seguir a actualização dessa busca de Luis del Pino em "Libertad Digital".

Depois, o antigo presidente do governo de Navarra e membro da comissão de investigação do 11 de Março, Jaime Ignacio del Burgo, descobriu que, afinal, há demasiadas perguntas sem resposta. E também as colocou em livro...




E já, agora, lembro ainda esta manchete do nosso "Tal&Qual" de Março último...





Só faltou lembrar neste texto que o então chefe dos serviços secretos espanhóis (CNI), Jorge Dezcallar, foi o primeiro civil à frente daquele organismo e, na altura em que o nomearam para o cargo, em Junho de 2001, era precisamente o embaixador espanhol em Marrocos...
E actualmente, depois de ter sido embaixador espanhol no Vaticano, Dezcallar terá ido trabalhar para a petrolífera espanhola Repsol...

5 Comentários:

Anonymous luikki disse...

muitos parabens pelo post!
começa a desvendar-se a tramóia.....

07 abril, 2006  
Anonymous pedro fidel disse...

Caro Frederico, agora com esta desiludiu-me. Então não vê que a história do "Tal&Qual" não passa de uma "intoxicação" de informação. Aquela notícia, tirada assim do nada, sem fontes ou qualquer investigação que se preze, parece imeditamente aquilo que realmente é: uma "encomenda". Não custa nada a um serviço secreto cair sobre a sua própria espada, tanto mais que, como bem aponta, o homem que chefiou os serviços secretos espanhóis está agora na Repsol - o petróleo, ai o petróleo...

09 abril, 2006  
Blogger para mim disse...

Caro Pedro,
Obrigado pelas suas palavras. Sim, também achei estranho o texto do "T&Q", sobretudo por não contextualizar com a história do antigo embaixador de Marrocos ser o chefe dos serviços secretos espanhóis. Luis Del Pino também já me respondeu a um e-mail e ele concorda que o texto é uma "intoxicação". Contudo, para perceber um pouco mais sobre a promiscuidade entre as forças policiais espanholas e a infiltração da mesma na ETA, sugiro o visionameno de um filme espanhol muito interessante chamado "El Lobo"... Depois saberá do que estou a falar...

09 abril, 2006  
Anonymous Basílio disse...

Madrid train bombings probe finds no al-Qaeda link
http://www.usatoday.com/news/world/2006-03-09-madrid_x.htm

10 abril, 2006  
Blogger silvio disse...

Parabéns por abordar este tema.
Eu no meu site falei do 11 de Setembro (wtc) e no meu blog falei que o 11 de Março foi também uma conspiração, pois foi ao dia 11 também, feito pelo mesmo grupo que criou o atentado ao wtc, o objectivo deles foi atingir um País europeu para estimular a europa a apoiar sempre os EUA na guerra do iraque, na "luta contra terrorismo_".
Mas eu não tinha dados.
e voce aqui no blog, apresenta vários dados, parabéns!

abraço

14 abril, 2006  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial