20050723

Histórias de Espanha

Após alguns dias em Espanha, onde estive a fazer um curso de Verão sobre jornalismo de investigação, aqui deixo algumas "dicas" sobre a vida social e jornalística deste país aqui tão perto e, no entanto, tão desconhecido.
A par com o "filme" do fim da democracia, que podem ver ao clicar no primeiro "link" ali ao lado, em Espanha, nessa altura, investigava-se o caso dos GAL, o grupo paramilitar que combatia a ETA com o uso ilegal da força. Essa investigação teve ramificações com Portugal, destacando-se o nome de um jornalista do "Expresso" entretanto já falecido, Celestino Amaral. Podem consultar uma interessante cronologia sobre o assunto neste endereço do diário "El Mundo".
Este último jornal está conotado com a direita espanhola, uma vez que o seu director Pedro J. Ramírez não esconde o facto de ser amigo pessoal de Aznar. A concorrência directa é feita com o "El Pais", mais próximo da esquerda.
Na tal cronologia do "El Mundo", poderão reparar que houve um episódio, em 1997, sobre um vídeo filmado às escondidas no qual o director do "El Mundo" mantinha relações sexuais (ousadas, diga-se) com uma mulher que não a sua legítima. Essa armadilha e todas as circunstâncias que levaram à divulgação do vídeo conta-as em livro Pedro J. Ramírez, que, já agora, informe-se, tem ainda a pecularidade de ser o marido da conhecidíssima estilista espanhola Ágatha Ruiz de la Prada...



O livro chama-se "El Desquite" - não, não quer dizer divórcio, mas sim uma vingança, ajuste de contas -, que foi um sucesso de vendas em Espanha durante o ano passado.



Há uma interessante passagem nesse livro, onde Pedro J. Ramírez afirma que, para além da armadilha do vídeo, também se preparava contra si uma acusação falsa por... pedofilia!





E isto até não foi há muito tempo, pelo que seria interessante ver até que ponto este método tentado no país vizinho não terá sido utilizado depois em algumas das acusações que foram feitas no nosso caso da Casa Pia.



Tanto mais que o "ódio" contra Pedro J. vem de dentro do mesmo grupo daqueles que há uns anos atrás contratavam mercenários portugueses para os GAL...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial