20050103

Um jornalista autêntico

Há uns tempos escrevi que é tão perigoso ser jornalista de guerra, como ser aquele jornalista que escreve sobre as armas que alimentam essas guerras. O último jornalista que se "suicidou" - não sei muito sobre o caso, mas parece que foi com dois (2!) tiros na cabeça... sem deixar qualquer nota de despedida - chamava-se Gary Webb.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial