20040706

Carta à Berta

Berta,

Certamente deves estar a perguntar o que se passou em Portugal enquanto andavas a abanar a bandeirinha pela selecção.
Agora que já acordaste e, ainda antes de ires de férias, queria dizer-te que, entretanto, houve eleições europeias e mudaram-te o primeiro-ministro.
Não, não te mudaram de primeiro-ministro por este ter perdido as eleições. Aliás, por muito contraditório que te possa parecer, ele até vai ser o próximo presidente da Comissão Europeia, mas, para já, seria muito complicado explicar-te como tudo aconteceu, pelo que deixo isso para outra altura.
Agora, não se sabe ainda se o Presidente da República (deves conhecê-lo, pois é aquele senhor ruivo, de óculos, fato e gravata, que costumava sentar-se ao lado daquela senhora alta, também de óculos, com a camisola da bandeira de Portugal, na tribuna VIP, onde estavam todos aqueles senhores engravatados... olha, foi aquele que ontem quase chorou de emoção quando deu aquelas medalhas aos jogadores, viste?), pois bem, ainda não se sabe se ele vai ou não convocar eleições antecipadas.
Sabes o que são eleições, não sabes? Foi aquilo que aconteceu no domingo, um dia depois do jogo de futebol da inauguração do Euro2004, quando perdemos pela primeira vez contra a Grécia, lá no Porto. Foi naquele dia em que foste à praia e até disseste que tinhas mais do que fazer, pois os políticos andavam todos ao mesmo.
Pergunta-se, neste momento, se vais ter de ir votar outra vez ou não. Muito provavelmente, lá para Outubro.
Em alternativa, se não houver eleições, sabes quem pode vir a ser o próximo primeiro-ministro? Exacto! O Santana Lopes, aquele que sempre achaste um tipo charmoso e cheio de lábia.
O Presidente da República, que se chama Jorge Sampaio, disse que vai ser ele a decidir, o que até tem piada pois já está tudo decidido. Por isso, descansa que não vamos para eleições antecipadas. Sei que é uma pena, pois desta vez, até eras capaz de ir votar no Santana. Mas, vais tê-lo à mesma, embora sem a legitimidade de ter sido eleito pelo povo. Contudo, não há nada a fazer, pois até há gente na Oposição, nomeadamente no PS, que apesar de estar para aí nos jornais a apregoar que o País precisa de eleições antecipadas, na realidade, deseja o contrário.
Berta, é assim que está agora o País.
O Presidente da República diz que anuncia uma decisão lá para quinta-feira e, há pouco, fui informado que ele até seria capaz de convocar eleições só para garantir um lugar na História de Portugal. Acho que ele, o Presidente, andou a assistir a demasiados jogos de futebol e, no último instante, vais ver, será igualzinho ao que se passou na Luz, no domingo, onde não vai marcar qualquer golo e isto vai ficar tudo na mesma.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial