20120423

25 Abril e os homens da idade da pedra

A Associação 25 de Abril que, segundo parece, será a legítima proprietária daquilo que eu achava ser de todos, diz que não vai participar nas cerimónias oficiais do 25 de Abril por discordar da política do Governo. A decisão só seria ridícula se tivesse importância, tal como idêntica atitude de Mário Soares. Afinal, este regresso dos homens de Abril à "idade da pedra" durante a vigência de um governo PSD/CDS nem sequer é novo e revela-se completamente infrutífero para a resolução dos problemas do País. Constatar isso, sinceramente, é que é uma pena...
"Expresso", 24 de Abril de 1980

Etiquetas: ,

1 Comentários:

Anonymous Bruno António disse...

A decisão tem importância mas passa para lá do ridículo!
Tem importância porque mais uma vez querem repetir a história e revoltar-se contra o governo quando o governo lhes corta as regalias
O 25 de Abril teve origem em questões salariais e de progressão na carreira dos oficiais das forças armadas a sua génese NADA teve a ver nem com liberdade e muito menos com democracia…mas regra geral as revoluções acabam por ultrapassar os próprios revoltosos, como foi o caso.
O resto do povo há muito que foi inexoravelmente condenado á asficxia enquanto eles de cravo ao peito ainda usufruíam subsídio de natal e ferias…este ano já não… e fazem beicinho …
O que vem a seguir? Uma nova FP25 a colocar bombas que mataram inocentes?
Tantas formas inteligentes de lutar e estes gajos apenas usam da notoriedade que ainda tem para faltar a uma almoçada com os amigalhaços que se sentam á volta da grande manjedoura do Estado? De facto é um protesto monumental!

24 abril, 2012  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial