20090413

Uma solução para a crise...

3 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Uma ideia sem fundamento, ora vejamos por exemplo:
Amorim - Fortuna avaliada em 2900 milhões de euros
População portuguesa - 10 milhões
2900/10=290 Euros....
Deixavas homem na miséria e nem a renda de casa pagavas...
Agenda B. fala em excesso de população, controle de natalidade, reorganização mundial de recursos naturais... Nisto é impossivel não estar de acordo, mas outra coisa são os meios para o conseguir. A Agenda 21 pode dizimar populações inteiras em 2 gerações. Não é aceitável que membros do Clube, por terem sangue real a correr nas veias e se acharem respectivos herdeiros dos tronos ocidentais, pretendam ser donos da razão. Não é aceitável que seus lacaios convidados executem ordens sem reflectirem na gravidade do plano em marcha, nas suas consequências.

13 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Para desanuviar um pouco...
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=131881

13 abril, 2009  
Anonymous Anónimo disse...

Um pequeno exemplo do pensamento dentro dos Clubes:

"It would seem that humans need a common motivation, namely a common adversary, to organize and act together in the vacuum; such a motivation must be found to bring the divided nations together to face an outside enemy, either a real one or else one invented for the purpose.

The old democracies have functioned reasonably well over the last 200 years, but they appear now to be in a phase of complacent stagnation with little evidence of real leadership and innovation

Democracy is not a panacea. It cannot organize everything and it is unaware of its own limits. These facts must be faced squarely. Sacrilegious though this may sound, democracy is no longer well suited for the tasks ahead. The complexity and the technical nature of many of today’s problems do not always allow elected representatives to make competent decisions at the right time."

"In searching for a new enemy to unite us we came up with the idea that pollution, the threat of global warming, water shortages, famine and the like, would fit the bill."

Como eram conceitos abstractos e o povinho estupidificado não aderiu recorreu-se a concretizá-los na prática com a ajuda do outro clube.

Pois é Cebrian, mas haverá real necessidade de fazer as populações passarem por estas provações?

13 abril, 2009  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial