20070901

Diana

7 Comentários:

Blogger Basílio disse...

Vi isso Fred, aqueles dois tiveram bem mais de uma hora e tu nem dois minutos sequer te deixaram falar... «não temos mais tempo»...
Abraço

02 setembro, 2007  
Anonymous Sacador disse...

'Boa malha', o teu esclarecimento adicional (embora não me tenha adiantado muito). Fico-te grato, até porque deixei de ir à praia por causa do «Só Visto & Amigos»...
O tempo não foi mal empregue, porque fora os conselhos matrimoniais da Domingues, agora também já aprendi a fazer Jornalismo de Investigação no intervalo das compras.
Querias mais tempo, meu?! Mas porquê?! Ora mostra lá a tua agenda de encontros... para jantar. Já levaste alguma ao Gambrinus?

02 setembro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

Então e o Dom. ás 15h ???

02 setembro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

Pois!
Queremos saber mais! Queremos saber mais ácerca dos documentos do Oswald LeWinter. Afinal, quem pode provar se são verdadeiros ou não? Obviamente, só a CIA o pode fazer e esses nunca admitiriam a veracidade dos documentos.
Nunca o saberemos....

02 setembro, 2007  
Anonymous Morphine disse...

Achei o programa vergonhoso !!!!

02 setembro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

Bom, recapitulando não acreditas nas tese de ACIDENTE mas, por outro lado (já pareces o arquitecto), também não se pode falar em ATENTADO.
Digamos o que houve foi um ACIDENTADO???

02 setembro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

Um escândalo o programa. Deviam ter vergonha na cara por, propositadamente, não o terem deixado falar. Deram-lhe os minutos(?) finais para simplesmente ficarem bem na fotografia e, porque o convidaram, não podiam deixar de o fazer. O Frederico foi ficando 'pendurado', horas a fio, à espera de intervir (mas em contrapartida a Elisa, com todo o tempo do mundo, só debitou baboseiras encomendadas, todas por demais conhecidas através do discurso oficial da morte da princesa e, as que não o eram, todas alinhavadas em cima do joelho - ou ditadas pelo auricular, que é a nova moda para poupar aos jornalistas o trabalho de pesquisa, que eles são pessoas muito ocupadas - e retiradas dos livros e artigos de jornal escritos sobre Diana, para justificar o ordenado milionário ao fim do mês, todas as que quis e as que não quis e repetidas à exaustão nesse programa e nos anteriores em que ela falou de Diana, todas as que são 'oficialmente' tidas como a única 'verdade', a deles, claro, é para isso que ela lá está) enquanto iam recebendo ordens dos assessores políticos para saber o que deveriam fazer relativamente ao convidado em presença, está bom de ver, não o podiam mandar embora sem que aparecesse 30 segundos que fosse no programa, já que estava anunciada a sua comparência, mas também não o poderiam deixar falar muito mais tempo, não fosse o Frederico falar demais e perturbar a verdade oficiosa. E foi isso que aconteceu, deram-lhe quinze segundos para falar, não foi? Passando-se tudo isto na RTP, não poderia ter sucedido doutro modo. Um medo horrível de que se saibam as verdades, é o que eles todos têm. Escondem tudo, mas tudo, do povo português, corrupções, crimes, assaltos, subornos, escândalos de toda a ordem e feitio, a lista nunca mais teria fim - o que aliás andam a fazer há mais de 3 décadas, consecutivamente. Isto até um dia, espera-se.

Não conseguirá ir a um outro programa de um outro canal que esteja menos comprometido com o poder, para relatar o que ia dizer neste da RTP? Num outro onde o respeitem e não lhe soneguem a palavra? Seria óptimo (e necessário) que o conseguisse fazer.
Parabéns pelos assuntos que vai desenvolvendo.
Maria

06 setembro, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial