20070227

O túmulo de Cristo

Esta história da descoberta do túmulo de Cristo faz-me lembrar a eterna busca do Santo Graal. Não preciso que ninguém me prove se Cristo era um homem igual a todos nós, com virtudes e fraquezas e se foi ou não casado com Maria Madalena - ou tinha teve amantes e até era bissexual - e depois teve um filho chamado Judas e que foi ele que morreu no seu lugar (dando azo ao mito da crucificação e da ressurreição) e que um dos sítios onde viveu quando fugiu da Galileia foi Portugal e hoje está enterrado algures em Sintra. Dou de barato tudo isso, pois nada me tira da cabeça que algumas das ideias dele para a vida em sociedade eram interessantes, e se não tivesse sido a disvirtualização que delas fizeram, e fazem, em Roma, este mundo seria um local agradável para passar uns dias antes da viagem para o desconhecido...

6 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Mas um padre ortodoxo já veio dizer que a maçonaria é que está por de trás do documentário. E que tudo isto não passa de uma guerra da maçonaria contra a Igreja Católica-que se intensifica todos os anos por alturas da Páscoa e que consiste em libertar qualquer informação supostamente explosiva como evangelhos de judas ou que Maria Madalena era casada com Jesus. Sendo posteriormente desmentida mas recebendo menos atenção.

27 fevereiro, 2007  
Blogger joshua disse...

rgaucdihttp://www.crusader.org.uk/nddf/index.html

Aqui podemos ver que Cocteau também pensava assim; repare em Cristo (the guy with the fish eye) a observar a cena da crucificação. O crucificado não se vê, só os pés e a rosa+cruz, a Maria mais velha olha para a cruz, a Maria mais nova (Madalena?) afasta o olhar.
João Evangelista chora sangue, o Sol negro na tradição representa a estrela Sol. O outro Sol também está presente. Curioso o facto de o evangelista colocar Jesus Justo, neto de Cristo, filho de Judas bin Joshua, em Roma.

27 fevereiro, 2007  
Blogger joshua disse...

http://www.crusader.org.uk/nddf/index.html

27 fevereiro, 2007  
Anonymous tubal cain disse...

http://www.jornalinfinito.com.br/materias.asp?cod=74

27 fevereiro, 2007  
Anonymous ibis disse...

Bem dito Frederico!
Estava inspirado homem!
Subscrevo.
.

28 fevereiro, 2007  
Anonymous Susana disse...

:)

03 março, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial