20070111

Fico já à espera...

...

9 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Lê-se na notícia do JN que Luís Miguel Rocha diz. "quando se contraria a tese da morte natural do Papa João Paulo I e se prova que ele, afinal, foi assassinado, é natural que haja polémica".

Carago!!

Eu também ainda estou à espera dos famosos documentos!
Deixe-se de nos tomar por palhaços Exmo. LMR!!!

11 janeiro, 2007  
Anonymous orgulho de ser português disse...

Luí Miguel Rocha é um caso de sucesso português. Em breve será feito um filme baseado no seu livro, isto significa que ele tem credibilidade. Não entendo qual motivo de revolta sempre que um portugês é bem sucedido no estrangeiro. Quanto aos documentos estou convicto que aparecerão e que Luís Miguel Rocha está à espera do momento ideal para os divulgar. Estes são assuntos delicados e este grande escritor português tem sabido gerir essas polémicas com um génio que a muitos inveja...

12 janeiro, 2007  
Anonymous ibis disse...

Subscrevo o comentario acima.
O livro tem"sumo" suficiente para mexer com meio mundo.Foi a ideia com que fiquei ao me corresponder com o autor.
E ao contrario do que possa parecer,está a ser bastante abafado pela panóplia de códices e teorias conspirativas que têm assolado ultimamente os escaparates.
Aguardemos.
Entretenham-se com o C´dice Carolina para já.

12 janeiro, 2007  
Anonymous Pedro Lopes disse...

Francamente, ó senhor Frederico, veja bem quem apoia... Segundo diz esse senhor, o livro foi traduzido para uns 30 países... Na realidade, desde o lançamento em Portugal, há apenas duas edições estrangeiras , a espanhola e a italiana (sendo esta última da responsabilidade de uma editora co-dirigida por português, pelo que não me parece que seja um sinal indicativo de grande interesse das editoras italianas tradicionais como a Mondadori)... Está prometida uma edição em inglês para este ano, mas, até agora, népias! Nem uma notíciazinha na línga de Shakespeare. Também o ano só agora é que começou e deve haver estratégias de mercado, porém, depois de todo o alarido provocado é estranho não haver nada sobre este senhor desde Setembro. Se o senhor Rocha tem mesmo os documentos que diz ter, é então sua OBRIGAÇÃO entregá-los na justiça, pois a simples posse constitiu desde já um crime... O topete de afirmar que tem o Diário Papa e não entregá-lo aos herdeiros de Albino Luciani!... Por favor, se existem ou não os documentos, ao menos tenha a decência de deixar de tomar por estúpidos! P.S. Não duvido que venha a haver um filme... Já vi coisas piores do que "O Código Da Vinci"...

13 janeiro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

Ibis: A ideia que ficaste ao te corresponderes com o autor não podia ser outra! É precisamente essa a ideia que ele anda a vender a todos os portugueses, alguns espanhóis e outros tantos italianos! Aquilo não tem sumo nenhum, não passa de uma de uma reles extrapolação dos factos! O que é certo é que este tipinho,que na minha opinião, não passa de um bimbo chico esperto, anda a encher-se de dinheiro à custa de pessoas que acham que ele até tem provas de alguma coisa! POR FAVOR! POUPEM-ME! Não há documentos nenhuns! E o que me mais me revolta é que não há ninguém que insista sobre a divulgação destes documentos.
Bem me lembro no dia do lançamento do livro no Covento do Carmo que ficou a promessa da divulgação dos documentos antes do fim de 2006!
Chega de chico espertismo! É isso que arruína o nosso País!
Espero que o Frederico possa insistir nesta divulgação porque é importante que se esclareçam as coisas com dignidade e não acreditar num bimbo que simplesmente teve uma boa ideia.

13 janeiro, 2007  
Anonymous ibis disse...

Caro Anonimous:
Sendo assim para que querem divulgar e investigar se já partem do principio que o autor é um bimbo ?
Primeiro investigavam e só depois insultavam,não?
Portuguesismos.

13 janeiro, 2007  
Blogger para mim disse...

Vamos lá ver se há alguma calma... A obra é uma ficção. Por isso, só acredita quem quiser. O autor disse que tem documentos e explica que só os divulgará quando achar que é a altura correcta. Agora, é interessante a observação de Pedro Lopes sobre a qusetão legal da sua posse...

13 janeiro, 2007  
Anonymous ibis disse...

Pô.
Mas era ai que eu queria chegar também,Fred!
O livro vai ainda dar muito que falar,não em relacão á historia romanciada,mas sim devido a valores mais altos que se levantam.
Até lá até vai sendo bom que passe despercebido,compreende?
O autor saberá a altura certa.Isto se o deixarem movimentar nesse sentido,certo?

14 janeiro, 2007  
Anonymous Anónimo disse...

Portuguesismo é "chupar" com tudo o que nos impingem.
Se algum dia o Luís Miguel Rocha, o que duvido, apresentar os tais documentos legitimamente, isso não faz com que deixe de ser um bimbo, faz apenas que tenha razão: Ok, um bimbo com razão. É assustador...

14 janeiro, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial