20061213

Branquear a morte de Diana

A propósito das recentes notícias sobre o relatório do governo britânico a respeito da morte da princesa Diana, que será divulgado amanhã, aqui fica a reacção de alguém que conhece bem o caso, uma vez que até já esteve preso por causa do que aconteceu em Paris em 1997. Trata-se de uma declaração em exclusivo e especialmente dedicada a todos os leitores do "Para Mim Tanto Faz". É uma espécie de prenda de Natal antecepida e, já agora, aproveito para desejar um Feliz Natal e um bom Ano Novo.

Etiquetas: , ,

13 Comentários:

Blogger Bruaca disse...

Também aproveito o natal, para lembrar as crianças.
É que este video parece mesmo uma a dizer :"sei mas não digo! ta nha nha nha nha"
Se sabe quem matou a Diana, espero que, pelo menos, esteja a falar da mesma pessoa que o Luís Miguel Rocha que também diz "Sei quem matou a Diana mas não digo, ta nha nha nha nha".
O Natal é para as crianças, não há dúvida!

13 dezembro, 2006  
Blogger Bruaca disse...

Ah! É verdade! Só faltam 18 dias para o fim do ano.

Espero ansiosamente a divulgação dos documentos que provam que o Papa João Paulo I foi assassinado!

Luís Miguel Rocha: Se me estás a ler: Não me desiludas!
Tenho a certeza que não és uma fraude...

13 dezembro, 2006  
Anonymous Anónimo disse...

Horror as meias tintas em Portugal?

13 dezembro, 2006  
Blogger asdrubal tudo bem disse...

Devia ter sido gravado dois ou três copos mais cedo ou logo depois de ter tomado os remédios.

13 dezembro, 2006  
Anonymous Fernando disse...

pàra de bater nesta tecla , Fredo! Jà te expliquei , e até te mostrei o local , que a Diana morreu vitima de um simples acidente de viação , como hà milhares todos os dias , vitima de velocidade excessiva ( nem as motos o conseguiram acompanhar ) vitima de um condutor bêbado ( tinha bebido 9 wishkys enquanto estava à espera) e também morreu, talvez , por não ter cinto. Eu proprio tive là um grande problema a 130 Km/h e sò me safei por ser um Citroën DS com suspensão hidràulica , agora imagina o Mercedes a 200 Km/h a saìr daquela curva ......... não tinha hipotese . Se alguém quisesse matar a mulher , tinha tido muito onde o fazer , durante todo o mês de Agosto que ela passou em França desde os primeiros dias , afogà-la em St. Tropez , por exemplo, enquanto nadava . E preciso admitir que as pessoas conhecidas também morrem de acidente ou de morte natural , como o comum dos mortais !

13 dezembro, 2006  
Anonymous Anónimo disse...

já viu isto http://www.observatoriodajihad.blogspot.com/

14 dezembro, 2006  
Blogger Basílio disse...

Welcome to Portugal! (and to Youtubemania)

É verdade, tanto na morte da Diana como em outros "acidentes", o mais suspeito nem é o evento mas a forma como foram feitas as investigações.

No caso de Camarate o encobrimento foi feito pelas próprias entidades que alegadamente deveriam investigar: o Ministério Público, PJ, juízes, políticos, etc.

14 dezembro, 2006  
Blogger UheccaGil disse...

Em relação a Camarate e tudo sobre o pós-25 de Abril aconselho-vos a lerem os livros do Barra da Costa...

15 dezembro, 2006  
Blogger Basílio disse...

UheccaGil, e onde é que eles se vendem? Nunca consegui encontrar "O Terrorismo e as FP 25 anos depois".

15 dezembro, 2006  
Anonymous Anónimo disse...

A montanha pariu um microbio, quanto ao JP I, leiam o David Yallop, publicado em 85 pela D Quixote e esqueçam esse ultimo papa

15 dezembro, 2006  
Blogger UheccaGil disse...

Tenho um só que foi-me vendido pelo próprio. A editora é a Colibri. Talvez se telefonares para lá eles te vendam um.

16 dezembro, 2006  
Blogger UheccaGil disse...

Tenho ainda a informação que esse livro tá à venda na Fnac...

16 dezembro, 2006  
Anonymous Anónimo disse...

o velhote é engraçado, Fred, mas nada convincente.

17 dezembro, 2006  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial