20060126

Provedor público

O diário "Público" voltou a ter um novo provedor. Quem tiver a pachorra de ir consultar os arquivos deste meu blogue irá reparar que, no Natal de 2004, o anterior provedor, Joaquim Furtado, saiu sem ter tido a oportunidade de me responder a uma dúvida...
Agora, com Rui Araújo, quem sabe se a história não será diferente. Afinal, ele até escreveu isto:

"(...) durante a investigação sobre a participação portuguesa no Irangate para a cadeia de televisão CBS News, a empresa pública ANA recusou facultar-me informação sobre alguns voos comerciais.
Usurpei a identidade de outra pessoa e consegui consultar os originais. Constatei que a Southern Air Transport (SAT) transportara 'material de defesa' para a Guatemala e que alguém, por lapso, anotara num documento 'Destino Final: IL'. Tudo partira para IL (código de Ilopango), o aeroporto dos contras em El Salvador.
O MNE, a Defex e o 'diplomata' responsável da antena da CIA em Lisboa não colaboraram, mas com o apoio de um general, um traficante de armas e um empregado do Ritz descobrimos tudo, menos a identidade real de Ronald Favourit, passageiro da SAT, cliente do hotel e operacional da National Security Agency?"

Por isso, quem sabe se não é desta que o "Público" finalmente informará os seus leitores sobre Camarate e como o Irangate ajudou Mário Soares a dar a primeira maioria absoluta a Cavaco Silva...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial